???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16710
Tipo do documento: Dissertação
Título: Chronic Mild Stress (CMS) e os efeitos da exposição de sujeitos a um esquema de reforçamento de tempo variável
Autor: Almeida, Najara Karine Salomão Pereira 
Primeiro orientador: Micheletto, Nilza
Resumo: Chronic Mild Stress (CMS) é um modelo animal experimental de anedonia, induzida através da exposição crônica de ratos a um protocolo de estressores pouco severos, e medida a partir de ingestão de sacarose, estimulação intracraniana e/ou condicionamento de preferência de lugar. Além de anedonia, este modelo também é reconhecido por produzir perda de peso corporal, independente de regime alimentar específico, e outras características análogas ao que compõe o diagnóstico de depressão. O objetivo do presente estudo foi investigar se a exposição de sujeitos a um esquema concorrente VT água VT água com sacarose a 8%, de mesmo valor, antes e após o protocolo de estressores, produzia alterações: (1) no peso corporal dos sujeitos; (2) no consumo diário de ração e água; (3) no consumo e preferência de líquidos; (4) no tempo em que os sujeitos permaneceram do lado do estímulo água ou do estímulo água com sacarose na caixa de condicionamento operante, e (5) no tempo em que os sujeitos emitiram respostas na região do bebedouro água ou do bebedouro água com sacarose a 8%. O delineamento foi composto por três condições experimentais: (1) exposição dos sujeitos VTP3, VTP4, VTP7, VTP8, P5, P6, P13 e P15 ao protocolo de estressores; (2) submissão dos sujeitos VTP3, VTP4, VTP7 e VTP8 as sessões concorrentes VT 20s e (3) aplicação dos testes de consumo e preferência de líquidos a todos os sujeitos da pesquisa, incluindo o sujeito C10. As principais alterações observadas foram: (a) menor diminuição de peso durante a exposição ao protocolo e menor variação de peso durante todo o experimento (b) consumo diário de água semelhante aos dos sujeitos submetidos às sessões de FR e VI; (c) aumento no consumo diário de ração, principalmente durante a exposição ao protocolo; (d) consumo de líquidos e preferência por sacarose constantes; (e) preferência por sacarose nas sessões VT 20s após a exposição dos sujeitos ao protocolo, e (f) aumento da atividade geral dos sujeitos ao longo da submissão às sessões VT 20s. Os sujeitos expostos somente ao protocolo e aos testes de consumo de líquido não apresentaram diminuição de sensibilidade ao estímulo reforçador água com sacarose comumente observado nos outros estudos
Abstract: Chronic Mild Stress (SMS) is an anhedonia experimental animal model, induced by the chronic exposition of rats to a mild stressors protocol, and measured by the intake of sucrose, intracranial stimulation and/or site preference conditioning. Aside from anhedonia, this model is also recognized by the production of losses in the body weight, independently of specific feeding regimes and other characteristics analogous to the conditions that compose the depression diagnosis. The objective of the present study was to investigate if the exposition of the subjects to a water VT concurrent scheme water with sucrose 8% VT, of same value, before and after the stressors protocol, would produce disturbances: (1) in the body weight of the subjects; (2) in the diary consumption of food and water; (3) in the consumption and preference of liquids; (4) in the time during which the subjects remained close to the stimulus water and to the stimulus water with sucrose in the operant conditioning box, and (5) in the time in which the subjects have emitted responses in the site of the water fountain and of the water with sucrose 8% fountain. The design was composed by three experimental conditions: (1) exposition of the subjects VTP3, VTP4, VTP7, VTP8, P5, P6, P13 and P15 to the stressors protocol; (2) submission of the subjects VTP3, VTP4, VTP7 and VTP8 to the concurrent 20s VT sessions and (3) application of consumption and liquids´ preference tests in all of the experimental subjects, including the subject C10. The main disturbances noticed were: (a) decrease in the weight losses during the exposition to the protocol and decrease in weight variations during the role experiment; (b) diary water consumption similar to the ones of the subjects submitted to the FR and VI sessions; (c) increase in the diary food consumption, mainly during the exposition to the protocol; (d) constant consumption and preference by sucrose; (e) preference by sucrose in the 20s VT sessions after the exposition to the protocol, and (f) increase in the subjects´ general activity along the submission to the 20s VT sessions. The subjects exposed only to the protocol and to the liquid consumption tests didn´t present decrease in the sensibility to the reinforcer stimulus water with sucrose, what is commonly observed in other studies
Palavras-chave: Incontrolabilidade
Modelo animal experimental
Depressão
Chronic Mild Stress
Esquema de tempo variável
Uncontrollability
Experimental animal model
Depression
Chronic Mild Stress
Variable time schedule
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Almeida, Najara Karine Salomão Pereira. Chronic Mild Stress (CMS) e os efeitos da exposição de sujeitos a um esquema de reforçamento de tempo variável. 2013. 89 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16710
Data de defesa: 28-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Najara Karine Salomao Pereira Almeida.pdf2,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.