???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4969
Tipo do documento: Tese
Título: Atuante das mídias: o ator como linguagem na comunicação mediada
Título(s) alternativo(s): Media agent: the actor as language in media communication
Autor: Silva, Regiane Caminni Pereira da 
Primeiro orientador: Machado, Irene de Araujo
Resumo: Esta tese trata do problema da representação como linguagem de atuação nos gêneros da comunicação mediada. Tem como objetivo principal compreender a semiose da representação que não se limita ao contexto artístico, mas que propõe uma extensão e expansão a contextos comunicativos. A investigação concentra-se nas produções que configuram apresentadores, telejornalistas, atores em publicidade e pessoas que são notícias como atuantes das mídias, na contemporaneidade brasileira, no período de 1999 a 2007, em gêneros do entretenimento, informativo e publicitário. Preocupa-se em distinguir atuantes produzidos para o mercado de mídias daqueles que são processados por relações com a cultura. Tem como ponto de partida a televisão como medida de representação para outros meios, como o jornal impresso e a mídia exterior, no sentido de que estas mídias refletem a representação televisual. Discute o ator, a ficção, a paródia e a performance como linguagens modelizantes da cultura que configuram os atuantes das mídias. A problemática é tratada sob a abordagem da semiótica da cultura, segundo os estudos do eixo Tártu- Moscou. O procedimento metodológico para a investigação concentra-se nos processos de recodificação, baseados nas idéias de Roman Jakobson e de modelização e textos culturais de Iúri Lótman e Boris Uspenskii. Como articulação teórica, a percepção dos meios de comunicação como ambiências, tem a abordagem sobre cultura de massas de Edgar Morin e o conceito de cultura das mídias de Lucia Santaella. Patrice Pavis, Marvin Carlson, Algirdas J. Greimas e Paul Zumthor são autores referenciais para a compreensão do ator e performer como linguagem. O desenvolvimento do conceito de atuante das mídias, como um híbrido de ator, performer, personagem, ou que pode variar ora por um ora por outro, foi fundamental para perceber que, no universo de mídias, encontramos um atuante-produto e um atuante-processo. O primeiro pode levar a uma degeneração do conceito de ator em detrimento das finalidades do mercado. E o segundo pode ser capaz de promover a semiose cultural, consagrar o ator como linguagem e ressaltar a importância da performance nos processos comunicativos e culturais
Abstract: This thesis addresses the issue of representation as a performative language agent in the media communication genres. The main objective is to understand the semiosis of representation, not limited to the artistic context, as well to propose an extension and expansion of the communicative context. This study focuses on productions that configure performers, news casters, commercial and advertising actors, and well-known media characters as media agents, in contemporary Brazilian culture between 1999 and 2007, among the entertainment, news, and advertising genres. This work distinguishes between media agents produced for the media market and those processed by cultural relations. One of the primary assumptions of this work is that television is the privileged paradigm that defines other media, such as printed news media and non-mainstream media in that these media reflect the tele-visual paradigm. This work discusses the actor, fiction, parody and performance as modelling languages of the culture that configures the media agents. The issue is discussed under the approach of culture semiotics, according to studies from Tartu-Moscow School. The methodological procedure of this investigation focuses on the process of recodification based on the work Roman Jakobson and the modelling and cultural texts of Yuri Lotman and Boris Uspenskii. In regards to the theoretical foundation, the perception of the media as ambience is informed by Edgar Morin s theory of mass culture as well as the culture of media described by Lucia Santaella. Patrice Pavis, Marvin Carlson, Algirdas J. Greimas and Paul Zumthor are referenced to understand the actor and performer as language. The concept of the media agent as a hybrid of actor, performer and character, which can be positicioned in one or all three roles is essential for perceiving that in the media universe, we can find a product-agent or a process-agent. The first can degenerate the concept of actor, detrimental to the market demands. The second can be capable of promoting the cultural semiosis as well as valorizing the actor as language, emphasizing the importance of performance in communicative and cultural process
Palavras-chave: Mídias
Semiose
Performance
Performative
Representation
Media
Semiosis
Actor
Performance
Atores
Representacao (Atores)
Desempenho (Arte)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Silva, Regiane Caminni Pereira da. Atuante das mídias: o ator como linguagem na comunicação mediada. 2007. 180 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4969
Data de defesa: 23-Oct-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Regiane Caminni Pereira da Silva.pdf4,97 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.