???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20530
Tipo do documento: Dissertação
Título: Pureza e consumo: produção de sentidos na Feira de produtos orgânicos do Parque da Água Branca
Autor: Tavares, Carla Garcia 
Primeiro orientador: Werneck, Mariza Martins Furquim
Resumo: As práticas de consumo da sociedade contemporânea costumam atrair um tipo de crítica bastante negativo, que as associa ao consumismo, materialismo, individualismo e à insaciabilidade, para listar apenas os clichês mais usuais. Alguns estudiosos do tema, no entanto, caminhando em direção oposta, destacam o papel central que o consumo exerce em nossas relações sociais, no estilo de vida e na construção das identidades. São pensadores que reconhecem o consumo como chave para ampliar o conhecimento sobre a sociedade contemporânea, na medida em que atravessa de maneira significativa as dimensões social e cultural. Esta pesquisa acredita ter na Feira de produtos orgânicos, especificamente a realizada no Parque da Água Branca, em São Paulo, um espaço privilegiado para refletir sobre o tema. Com efeito, os indivíduos que a frequentam, ao menos em princípio, se enquadrariam na denominação de consumidores alternativos pela escolha diferenciada que exercem na compra de alimentos do cotidiano. O problema, tratado neste projeto, permitiu compreender em que medida estes indivíduos se consideram ou não, consumidores “alternativos” ou “diferenciados” e, especialmente, como se dão estas concepções para este público. Aspectos sociais, culturais e de estilo de vida foram investigados diante dos pressupostos que implicam a opção pelo consumo específico, a saber, o alimento orgânico. A investigação antropológica identificou o que optamos por retratar como uma crença na “pureza”, relativa à dimensão simbólica relacionada à opção pelo alimento orgânico que, no caso específico da Feira no Parque da Água Branca, também se apoia em uma forte conexão com a natureza e contexto rural que o Parque oferece. A análise dos achados empíricos confirmam a complexidade que envolve as práticas de consumo na cena contemporânea
Abstract: The consumption practices of contemporary society tend to attract a rather negative kind of criticism, which associates them with consumerism, materialism, individualism, and insatiability, to list only the most usual cliches. Some scholars, however, moving in the opposite direction, highlight the central role that consumption plays in our social relations, lifestyle, and identity construction. They are thinkers who recognize consumption as a key to expanding knowledge about contemporary society, insofar as it significantly crosses the social and cultural dimensions. This research believes to have in the Fair of organic products, specifically the one held in the Parque da Água Branca, in São Paulo, a privileged space to reflect on the theme. In fact, the individuals who attend it, at least in principle, would fit into the denomination of alternative consumers for the differentiated choice they exert in the purchase of daily food. The problem dealt with in this project has allowed us to understand to what extent these individuals consider themselves to be "alternative" or "differentiated" consumers, and especially how these conceptions are given to this public. Social, cultural and lifestyle aspects were investigated before the assumptions that imply the option for the specific consumption, namely, the organic food. Anthropological research has identified what we choose to portray as a belief in "purity," relative to the symbolic dimension related to the option for organic food that, in the specific case of the Fair in the Parque da Água Branca, also relies on a strong connection with nature and rural context that the Park offers. The analysis of the empirical findings confirms the complexity that surrounds the consumption practices in the contemporary scene
Palavras-chave: Consumo
Alimentos naturais
Feiras agroecológicas
Consumption
Natural foods
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Tavares, Carla Garcia. Pureza e consumo: produção de sentidos na Feira de produtos orgânicos do Parque da Água Branca. 2017. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20530
Data de defesa: 6-Oct-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla Garcia Tavares.pdf9,77 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.