???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16698
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ser humano capaz de dar direção à sua vida: um estudo da obra de B. F. Skinner na década de 1970
Autor: Bissoli, Enzo Banti 
Primeiro orientador: Micheletto, Nilza
Resumo: O objetivo deste trabalho foi identificar na produção de Skinner, na década de 1970, subsídios que nos permitissem responder as seguintes questões: que condições podem possibilitar que seres humanos se comportem no presente levando em consideração as consequências remotas que seus comportamentos irão produzir? e de que forma a Análise do Comportamento pode auxiliar os seres humanos a se comportarem no presente levando em consideração as consequências remotas que seus comportamentos irão produzir? Vinte e três textos de B. F. Skinner publicados e republicados na década de 1970 foram lidos integralmente e analisados. Foram selecionados trechos de cada texto agrupados em cinco categorias de análise. Por meio dessa categorização foi possível observar que na concepção de Skinner os seres humanos são capazes de controlar a si mesmos e agir no mundo podendo construir os ambientes que levem as consequências remotas de seus comportamentos em consideração. Uma forma dos seres humanos fazerem isso é através do planejamento de uma cultura na qual os seres humanos se comportem sob controle dos efeitos que produzirão no comportamento dos outros, construindo ambientes que possibilitem a seleção de comportamentos que promovam a sobrevivência dos membros da cultura ao levarem as consequências remotas de seus comportamentos em consideração, podendo aumentar as possibilidades da cultura e da espécie continuarem a existir no futuro. Também foi possível observar que a Análise do Comportamento pode contribuir para esse planejamento devido à maneira que produz conhecimento, construindo ambientes e analisando os efeitos das variáveis ambientais no comportamento, sobre as formas de controle do comportamento dos seres humanos. Além disso, ela também auxilia intervindo nessas relações de controle do comportamento diminuindo as formas aversivas, que devido a seus subprodutos podem levar os seres humanos a ficarem sob controle de consequências cada vez mais imediatas, e planejando contingências de reforçamento positivo eficientes
Abstract: The objective of this work was to identify in Skinner's production, in the 1970s, subsidies that allow us to answer the following questions: What conditions can allow humans to behave in the present moment, considering the remote consequences that their behavior will produce? and How can the Behavior Analysis help humans to behave in the present moment, considering the remote consequences that their behavior will produce? B. F. Skinner's twenty-three texts, published and republished in the 1970s, were fully read and analyzed. Excerpts were selected of each text grouped into five categories of analysis. Through this categorization, it was possible to observe that, according to Skinner, humans beings are able to control themselves and act in the world, and can build environments that take the remote consequences of their behavior into account. One way humans do that is by planning a culture in which they behave under control of the effects that they will produce in the behavior of others, building environments that enable the selection of behaviors that promote the survival of members of the culture, by taking the remote consequences of their behavior into account and can increase the chances that the culture and species continue to exist in the future. It was also possible to observe that the Experimental Analysis of Behavior can contribute to this planning, due to the way by which it produces knowledge on the ways to control the behavior of human beings, building environments and analyzing the effects of environmental variables on behavior. Moreover, it also helps when intervening in these relationships of behavior control, reducing the aversive forms that due to its by-products can lead humans to come under control of increasingly immediate consequences, and planning efficient contingencies of positive reinforcement
Palavras-chave: Ser humano
Análise do comportamento
Planejamento da cultura
Autonomia
Behaviorismo radical
Human being
Behavior analysis
Culture planning
Autonomy
Radical behaviorism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Bissoli, Enzo Banti. O ser humano capaz de dar direção à sua vida: um estudo da obra de B. F. Skinner na década de 1970. 2013. 129 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16698
Data de defesa: 24-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Enzo Banti Bissoli.pdf665,52 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.