???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16685
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relação(ões) entre a análise do comportamento e as ciências biológicas e o papel das variáveis orgânicas na constituição do comportamento e no atendimento dos objetivos da análise do comportamento
Autor: Prado, Rita de Cássia Ponte 
Primeiro orientador: Luna, Sergio Vasconcelos de
Resumo: O presente trabalho procurou responder a duas perguntas: 1- Qual (is) a(s) relação (ões) entre a análise do comportamento e as ciências biológicas? e 2- As variáveis orgânicas assumem papel na; constituição e/ou na compreensão e/ou na descrição e/ou na explicação e/ou na previsão e controle do comportamento pela análise do comportamento? Para tanto, foi selecionada uma amostra de uma literatura que, atendesse a critérios de busca e seleção de fontes bibliográficas. Cada um dos textos que compôs esta amostra foi analisado tendo em vista a identificação de trechos que se referiam a questão 1 e os que remetiam-se a questão 2. Os trechos relativos à questão 1 foram categorizados de acordo com as relações de independência, complementaridade e integração. Na sequência, estes mesmos trechos foram classificados a partir de comentários que incluíam tanto a relação já abordada pela categorização, como também os argumentos empregados por tais trechos em defesa da relação em questão. Os trechos que se referiam à questão 2 foram classificados por meio de seis comentários, os quais foram compostos por sentenças que diziam respeito à participação (ou não) das variáveis orgânicas na constituição do comportamento e no atendimento dos objetivos da análise do comportamento. A partir de tal procedimento, e com base nos diferentes resultados obtidos, identificou-se que a análise do comportamento e as ciências biológicas são independentes e complementares, bem como passíveis de se integrarem. No que diz respeito ao papel/função delegado às variáveis orgânicas pela análise do comportamento, pôde-se constatar que estas variáveis são apontadas como constitutivas do processo comportamental e no que se refere ao papel delas no atendimento dos objetivos da análise do comportamento, identificou-se a existência de uma divisão de opinião entre os autores analisados - alguns concebem que tais variáveis assumem papel de relevância para o atendimento destes objetivos enquanto outros sustentam o argumento oposto. Apesar desta divisão, constatou-se que um número maior de autores defenderam a utilização destas variáveis no atendimento dos objetivos da análise do comportamento
Abstract: The present work aims to answer two questions: 1- What is (are) the relation (s) between behavior analysis and biological sciences? And 2- The organical variables have an important role in the: constitution and/or comprehension and/or description and/or explanation and/or prediction and behaviour control by behaviour analysis? For this purpose, a sample of a literature was created to meet the search criteria and selection of references. Both of the texts comprising this sample were analized in order to identify passages related to the question 1 as well as those related to the question 2. The passages related to the question 1 were categorized in accordance with the independence relationships, complementarity and integration. Following this discussion, these same passages were categorized through notes which included either the relation considered by the categorization and also the arguments comprised by the passages in order to defend the relationship addressed. The passages referring to question 2 were categorized through 6 notes, which were constituted by sentences addressed to the participation (or not) of organical variables in the constitution of behaviour and meeting the goals of behaviour analysis. From such procedure, and based in the different results obtained, was possible to identify that the behaviour analysis and the biological sciences are both independent and complementary, and can integrate each other. With regards to the role/function delegated to de organical variables by behavioural analysis, it is possible to infer that these variables are adressed as constitutives in the behavioural process and in respect of their roles to meet the goals of behavioral analysis, was identified the existence of divergent opinions among the analized authors some conceive that such variables have a relevant role in order to meet these goals while others rather think the opposite. Although there are divergences, it was found that a major number of authors defended the use of these variables to meet the goals of behaviour analysis
Palavras-chave: Análise do comportamento
Ciências biológicas
Variáveis orgânicas
Objetivos da análise do comportamento
Behaviour analysis
Biological science
Organical variables
Goals of behavior analysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Prado, Rita de Cássia Ponte. Relação(ões) entre a análise do comportamento e as ciências biológicas e o papel das variáveis orgânicas na constituição do comportamento e no atendimento dos objetivos da análise do comportamento. 2012. 114 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16685
Data de defesa: 17-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rita de Cassia Ponte Prado.pdf794,16 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.