???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16642
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise de jogo no basquetebol: dois estudos a partir da análise do comportamento aplicada ao esporte
Autor: Cillo, Eduardo Neves Pedrosa de 
Primeiro orientador: Sério, Tereza Maria de Azevedo Pires
Resumo: A análise do de jogo é uma área de pesquisa, dentro das ciências do esporte, que vem obtendo maior atenção nos últimos anos como forma de identificar e avaliar o desempenho de atletas durante competições e o trabalho de treinamento que é realizado na preparação para estas competições. A análise do comportamento aplicada ao esporte tem produzido uma diversidade de dados de pesquisa, oriundos de investigações realizadas sobre temas variados.relacionados ao esporte e atividade física, mas, revisões recentes de literatura apontam para o fato de que a análise de jogo ainda é pouco explorada de um ponto de vista comportamental. O objetivo do presente trabalho foi o de realizar uma análise de jogo, com o foco em comportamentos nas jogadas de ataque no basquetebol, de forma a sistematizar dados relevantes para a avaliação tanto do desempenho de atletas quanto para o trabalho de preparação destes atletas por parte de técnicos. Com tal finalidade foram realizados dois estudos: o Estudo I avalia o desempenho Ático dos jogadores de um time de basquetebol, destacando jogadas de ataque previamente ensaiadas e sua relação com a produção de resultados na modalidade; o Estudo 2, realizado com um outro time, explora a análise de jogo por meio de indicadores (passes, dribles, arremessos e as.situações nas quais são realizados) que serviram para identificar padrões de comportamento dos jogadores, quando estiveram com a bola, no que se refere à tomada de decisão durante jogos, à execução dos comportamentos e suas relações com a produção de resultados. Os resultados do Estudo I indicam que quando do seguimento das regras, ou seja, quando os jogadores movimentaram-se e posicionaram se nos jogos de acordo com o que havia sido treinado, produziram mais resultados positivos do que quando improvisaram. Os resultados do Estudo 2 indicaram que em alguns tipos específicos de situações de ataque foram produzidos mais resultados positivos, quando os jogadores optaram por conduzir a bola até a cesta do que quando fizeram mais passes. Outro dado encontrado indicou que a duração das situações de ataque foi bem inferior ao tempo máximo de posse de bola e, que, nem sempre as formações mais utilizadas da equipe foram as que produziram mais resultados
Abstract: Game analysis is a field of research within the "sport sciences" and it has increasingly captured attention in the last few years as a means to identify and evaluate athletes performance during tournaments, as well as the training sessions in preparation for these tournaments. Applied behavior analysis in sport has produced a wide array of information for research and this kind of information stems from studies on a number of selected matters related to sports and physical activities, but the latest revisions of earlier papers have given clear signs of a relatively unexplored game analysis from a behavior perspective. The goal of this study was to conduct a game analysis and this analysis focused in the players' behavior during a strike situation in basketball. This analysis was made in order to systematize relevant data for an evaluation of athletes' performance and preparation of these athletes by their coaches. Two studies were carried out with this goal: Study I evaluates the tactic performance of a basketball team. It highlights strikes which had previously been rehearsed and its relationship with the relevant output; Study 2 was conducted with a different team and it focuses in a game analysis through "signs" (i.e., passes, dribbling, throws and the contexts in which they are made), which were used to identify behavior standards among the players, while these players were in possession of the ball, as regards decision-making during games, execution of behaviors and their relationships with the output. Study I shows that upon following rules, or better, when players moved and stood during the game as instructed in training, output was better than as if they had improvised. Study 2 shows that in specific strike plays the output was better when the players decided to dribble to the basket than as if they had passed the ball more frequently. Another finding shows that the strikes' duration was shorter than the maximum ball possession time and, not necessarily too, the formations which were used the most were those which produced the best outcomes
Palavras-chave: Análise de jogo
Regras
Táticas
Basquetebol
Comportamento humano
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Cillo, Eduardo Neves Pedrosa de. Análise de jogo no basquetebol: dois estudos a partir da análise do comportamento aplicada ao esporte. 2002. 104 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16642
Data de defesa: 30-May-2002
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eduardo Neves Pedrosa de Cillo.pdf5,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.