???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16593
Tipo do documento: Dissertação
Título: Alfabetização na educação do campo: relatos de professores de classes multisseriadas da Ilha de Marajó
Autor: Cardoso Junior, Waldemar dos Santos 
Primeiro orientador: Maluf, Maria Regina
Resumo: Os professores de classes multisseriadas da educação do campo enfrentam grandes desafios, inclusive no momento de alfabetizar seus alunos. Os objetivos deste trabalho foram: conhecer o perfil desses professores; descrever as dificuldades de ensino e aprendizagem da linguagem escrita nas séries iniciais; relatar os modos de alfabetização e as projeções para um trabalho docente eficaz; analisar os relatos dos professores sob a abordagem das relações entre habilidades metalinguísticas e aprendizagem da linguagem escrita. A pesquisa foi realizada com um grupo de 74 professores que atuam na educação do campo em classes multisseriadas no município de Breves (PA). O instrumento de coleta de dados foi um questionário com 24 perguntas abertas e fechadas, delineado a partir dos objetivos deste estudo. O procedimento de análise de dados se baseou na abordagem da análise de conteúdo. Os resultados mostraram que, na sua maioria, o grupo pesquisado é formado por mulheres com idade entre 31 e 50 anos, com formação em magistério, trabalham um período, são funcionárias efetivas, com uma média de 1 a 10 anos de prática na alfabetização e de atuação na educação do campo. Em relação aos desafios relatados ao alfabetizar crianças, foram encontrados relatos de duas naturezas: de ordem operacional, como por exemplo, atuação em classes multisseriadas, ausência de recursos didáticos, de transporte escolar e espaço físico adequado, falta de pessoal de apoio para a manutenção da escola; e outras mais ligadas às práticas de alfabetização. Constatou-se que, em sua grande maioria, esses docentes não se referem à utilização de um enfoque teórico específico para ensinarem a ler e escrever. De modo geral, não mencionam o uso de práticas voltadas para o desenvolvimento de habilidades metalinguísticas como facilitadoras de ensino da linguagem escrita. Observa-se ainda a busca de utilização de diversos recursos didáticos e uma grande motivação para atuarem naquela realidade apesar de todos os impasses a serem transpostos
Abstract: The rural education teachers who work in multigraded classes have to face great challenges, especially when they alphabetize children. The objectives of the present work included: learning about those teachers; describing the teaching-learning difficulties regarding written language in the initial grades; discussing the ways of alphabetizing and the projections for the teachers efficient work; analyzing the teachers comments under the approach of the relation between metalinguistic abilities and learning of written language. The research involved a group of 74 rural education teachers who work in multigraded classes in a small town named Breves in the state of Pará. The data were collected through a questionnaire containing 24 open and closed questions based on the objectives of the present study. The data analysis procedure was based on the content analysis approach. The results showed that most teachers are 31 to 50-year-old women who are graduate in teacher education and work part time; they have had 1 to 10 years experience in alphabetization and in rural education. Some difficulties were found regarding the challenge of alphabetizing children: an operational difficulty involving work in multigraded classes, lack of didactic resources, lack of school transportation and adequate room, lack of professionals for school maintenance, and other difficulties related to alphabetization practice. It was observed that most teachers do not have a specific theoretical approach to teach how to read and write. In general, they do not mention activities related to the development of metalinguistic abilities as a facilitation tool for the teaching of written language. However, they try to create several didactic resources and have great motivation to work in that reality despite all setbacks
Palavras-chave: Educação do campo
Classes multisseriadas
Linguagem escrita
Habilidades metalinguísticas
Trabalho docente
Rural education
Multigraded classes
Written language
Metalinguistic abilities
Teacher s work
Alfabetizacao
Educacao rural -- Marajo, Ilha de, PA
Professores alfabetizadores
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Cardoso Junior, Waldemar dos Santos. Alfabetização na educação do campo: relatos de professores de classes multisseriadas da Ilha de Marajó. 2009. 148 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16593
Data de defesa: 4-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Waldemar dos Santos Cardoso Junior.pdf3,75 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.