???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16108
Tipo do documento: Dissertação
Título: Representações sociais de professores sobre alunos considerados em situação de risco
Autor: Pesce, Maria da Conceição Rocha
Primeiro orientador: Sousa, Clarilza Prado de
Resumo: O presente trabalho partiu de questionamentos acerca da falta de investimento material e de atenção psicossocial para o desenvolvimento de crianças e jovens que vivem nas regiões mais periféricas da cidade de São Paulo e que são designados pela sociedade como população de risco. Como resultado dessa falta, nos deparamos com crianças e jovens que já frequentaram a escola e estão vivendo ou trabalhando nas ruas da metrópole, em busca de melhores condições de vida. Compreendendo a escola como polo de transformação, verificou-se que a questão do risco ou problemas sociais vivenciados pelos alunos tem sido pouco acolhida na literatura escolar, pois, majoritariamente, a escola se volta para a discussão de problemas de aprendizagem. Considerando que a relação e a comunicação professor-aluno são fundamentais para o processo de educação, a presente pesquisa investigou qual a visão que professores dos anos finais de uma escola do Ensino Fundamental têm a respeito do futuro de seus alunos considerados em situação de risco. Os anos finais do Ensino Fundamental foram escolhidos por suas especificidades de saída da infância e de entrada na juventude. A dissertação de Mestrado foi desenvolvida dentro da perspectiva psicossocial, à luz da Teoria das Representações Sociais, partindo do pressuposto de que as representações sociais são culturalmente e historicamente construídas, e influenciam a forma de ver e lidar com o cotidiano. A metodologia contou com entrevistas com professores, que foram gravadas, transcritas e processadas pelo programa ALCESTE. Os resultados indicaram o comportamento inadequado do aluno, a família desestruturada e o contexto social de pobreza como elementos da representação social situação de risco. O professor objetiva a situação de risco na visão naturalizada de família, como a realidade apresenta outros modelos, ele se sente limitado. Com esta pesquisa, espera-se que os elementos identificados possibilitem uma mudança da visão determinista de escola como espaço de reprodução de desigualdades, para a escola como espaço de transformação social
Abstract: The present work started from questionings concerning the lack of material investment and psychosocial attention for the development of children and young people that live in the most peripheral regions of São Paulo City and are designated by the society as risk population. As a result from this lack, we are faced with children and young people who have attended school and are living or working on the streets of the metropolis, in search for better living conditions. Understanding the school as a center of transformation, it was verified that the question of risk or social problems experienced by students has been poorly received in school literature, because mostly, the school heads for the learning problems issue. Considering that the teacher student relationship and communication are fundamental for the education process, this research investigated what view do teachers of the final years of an elementary school have about the future of their students considered in risk situation. The final years of elementary school were chosen for their specific departure of childhood and entrance in youth. The Master s thesis was developed within the psychosocial perspective, guided by the Theory of Social Representation, assuming that social representations are culturally and historically constructed, and that they influence the way we see and deal with everyday. The methodology included interviews with teachers, which were recorded, transcribed and processed by the program ALCESTE. The results indicated the inappropriate behavior of the students, a dysfunctional family and social context of poverty as elements of the social representation risk situation. The teacher aims at risk situation from the naturalized vision of family. As reality shows other models, he feels limited. Through this research, it is expected that the identified elements enable a shift from the deterministic view of school as a place of reproduction of inequalities, for the school as a place for social transformation
Palavras-chave: Ensino Fundamental
Juventude
Professores
Representações sociais
Situação de risco
Elementary Education
Youth
Teachers
Social representation
Risk situation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Pesce, Maria da Conceição Rocha. Representações sociais de professores sobre alunos considerados em situação de risco. 2013. 202 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16108
Data de defesa: 28-Oct-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria da Conceicao Rocha Pesce.pdf2,45 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.