???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15946
Tipo do documento: Tese
Título: Por uma análise psicossocial do curso de direito
Título(s) alternativo(s): A psychosocial analysis of the law major
Autor: Novaes, Adelina de Oliveira 
Primeiro orientador: Sousa, Clarilza Prado de
Resumo: O presente estudo teve como objetivo compreender as representações sociais de estudantes de direito sobre o Brasil e identificar o papel desse curso superior na formação dos futuros profissionais frente ao país. Ao acompanhar os três primeiros anos de estudantes de uma faculdade privada da Zona Leste da cidade de São Paulo, procurou-se identificar as possíveis transformações nas representações sobre o Brasil provocadas pela graduação. Participaram desta pesquisa 27 estudantes do período matutino e 26 estudantes do período noturno. A primeira coleta de dados foi realizada no segundo semestre de 2006, quando os alunos cursavam o primeiro período de direito. Solicitou-se, por meio de questionário, que os estudantes desenhassem o país, bem como o que nele contém e, nas questões de expressão verbal, foi pedido que identificassem e descrevessem um fato que considerassem marcante para o Brasil. Solicitou-se, ainda, que os estudantes descrevessem como se sentem sendo brasileiros. A partir da análise dos desenhos e da análise léxica e de conteúdo dos textos dos questionários, foi possível identificar indícios das representações sociais de Brasil desses estudantes. Tais indícios orientaram a elaboração de roteiros para a realização de entrevistas reflexivas coletivas, quando os estudantes puderam, então, ressignificar os dados anteriormente coletados e debater sobre assuntos emergentes relacionados às representações que possuem de Brasil e de ser brasileiro/a. As duas entrevistas reflexivas, uma com um grupo da manhã, outra com os estudantes da noite, ocorreram ao final do segundo semestre de 2009. Os resultados evidenciaram metáforas dominantes, que se impuseram tanto nos desenhos como nas falas dos estudantes. O Brasil, assemelhando-se a uma jangada de pedra, não faz fronteira com qualquer outro país, nem mesmo com o Oceano Atlântico, que não foi desenhado fora, mas dentro dos limites do mapa. A metáfora do coração foi associada a brasileiro/a, que se define por sua cordialidade. O discurso dos estudantes evidencia que, para eles, há mais de um brasileiro/a, há aqueles com os quais se identificam os trabalhadores e há os outros: o povo alienado, o político corrupto. Contudo, da análise das representações (em suas dimensões imagem, atitude e informação), depreendeu-se que os alunos detêm repertório restrito de informações sobre o país. Tais informações mostram-se insuficientes para a que esses alunos do ensino superior em direito se formem como profissionais comprometidos. Políticas educativas no sentido de propagar conhecimentos acadêmicos específicos mostram-se imperativas, pois somente com o pleno domínio do currículo básico, ou seja, das informações necessárias à elaboração de representações mais complexas, os estudantes de direito poderão identificá-las e expô-las à reflexão, num movimento que favorecerá a consciência identitária e permitirá a ação protagonista e comprometida com o devir social
Abstract: This work aims at understanding the social representations of Brazil from a group of law students perspective and identifying the role of the Law Major for the shaping of the country s future professionals. We accompanied law students during their first three years at a private law school in the East suburb of São Paulo, and we tried to identify all possible transformations of their representations of Brazil, mainly those provoked by the law school courses. 27 students who attended morning classes and 26 who attended evening classes participated in our research. The first data collection took place in the second semester of 2006, when these students were enrolled in their first law school year. Making use of questionnaires, we asked them to draw the country and its contents, and in the verbal expression questions, we asked them to identify and describe a fact that they believed to be relevant for Brazil. We also asked the students to describe what it felt like to be Brazilian. From the analysis of the drawings and the lexical analysis of the questionnaires´ textual contents, we were able to identify evidence of these students´ social representations of Brazil. Such evidence guided the creation of scripts for subsequent collective reflexive interviews, when the students were then given the chance to ressignificate the data previously collected and discuss current issues related to their representations of Brazil. Both reflexive interviews the first taking place with morning students and the second, with evening students happened in the second semester of 2009. The results showed the existence of dominant metaphors, which were present both in the students drawings and speech. Brazil, like a stone boat, does not have any territorial frontiers, neither with other countries, nor with the Atlantic Ocean, which was not drown outside, but rather inside the limits of the map. The heart metaphor was related do being Brazilian, known to be very friendly people. The students speech shows that, for them, there is more than one typo of Brazilian, those with whom they identify themselves the hard working ones and the others: the alienated people, the corrupt politicians. However, by analyzing the representations in its three dimensions (image, attitude and information) we were able to learn that the students have a very limited repertoire of information about the country. The information they hold is not enough for them to hold a Law major and become committed professionals. Educational policies that enlarge specific academic contents are absolutely needed. It is only by mastering the information that enables such students to create more complex representations that they will be able to identify and reflect about them, in a trend that will benefit their identify consciousness and allow for action and social commitment
Palavras-chave: Representações sociais
Ser brasileiro/a
Ensino superior
Direito
Social representations
To be Brazilian
Higher education
Law
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Novaes, Adelina de Oliveira. A psychosocial analysis of the law major. 2010. 248 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15946
Data de defesa: 16-Jul-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adelina de Oliveira Novaes.pdf55,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.