???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15335
Tipo do documento: Dissertação
Título: Contos de ausência: uma leitura freudiana para os Contos Novos
Autor: Josua, Dan 
Primeiro orientador: Figueiredo, Luís Claudio Mendonça
Resumo: A relação da psicanálise com a arte é antiga e vasta. Já no livro que marca o início oficial da psicanálise (i.e. A interpretação dos sonhos,), Freud (1900) se dispõe a interpretar Hamlet e Édipo Rei. Segundo comentadores da interface da psicanálise com a cultura (Mezan, 2006; Gay, 2012), tanto a opinião de Freud, quanto a maneira como ele decidiu estudar as artes variou de um trabalho para outro. Apesar da constatação de que o percurso de Freud nas artes é repleto de oscilações e mudanças de caminho, nenhum trabalho que mapeasse a produção de Freud referente a arte (e articulasse essas oscilações) foi encontrado. O primeiro objetivo do presente trabalho foi o de preencher este espaço vazio. Isto é, acompanhar os trabalhos de Freud que versaram sobre a arte, mostrando o procedimento e o objetivo do psicanalista em cada um deles. Os trabalhos de Freud no campo das artes podem ser classificados de acordo com três objetivos diferentes: (1) interpretar o sentimento do leitor (espectador); (2) interpretar a psique do artista; e (3) interpretar o significado da obra de arte. Após realizar uma sistematização das obras freudianas ligadas às artes, se apresentou uma proposta de como o psicanalista contemporâneo pode utilizar do exemplo do pai da psicanálise para interpretar a arte. O livro escolhido para ser interpretado foi o Contos Novos de Mário de Andrade (1947/1997). Cada um dos contos recebeu uma interpretação própria cada um foi, a princípio, interpretado como um universo isolado. Apenas após a interpretação de cada conto, foi apresentada uma proposta de análise que desse conta do significado do conjunto das histórias reunidas na coleção. Dessa análise, se chegou a conclusão que o elo entre esses contos está no fato de que o elemento que impulsiona a ação está sempre ausente. Por isso o presente trabalho se intitula Contos da Ausência
Abstract: The relationship between psychoanalysis and the arts is both ancient and vast. In the very book that marks the official beginning of psychoanalysis (i.e, The Interpretation of Dream), Freud proposed interpretations of Hamlet and Oedipus Rex. Some researchers (Mezan, 2006; Gay, 2012) point that Freud s opinion of the arts, and the fashion he decided to study them, oscillated throughout his work. Even though it is commonly accepted that Freud s papers on the arts follow such changes, it was not possible to find any work that has made a comprehensive map of Freud s trajectory on the matter. Fulfilling this gap is the first objective of this dissertation. To accomplish this, all of Freud s works on the arts were studied and synthesized as to let the goals and methods of the psychoanalyst evident. Freud has had three distinct objectives on his incursions on the arts: (1) interpret the feelings of the reader (spectator); (2) interpret the psyche of the author; and (3) interpret the meaning of the work of art itself. After studying the work of Freud on the matter, a method for interpreting fiction as a modern psychoanalyst was proposed. The book chosen to put such hypothesis to test was Contos Novos by Mario de Andrade (1947/1997). Each of the book s tales was analyzed separately each one composing its own universe. Only after each of these atomized interpretations a theory about the collection as a whole was presented. The conclusions reached in this last analysis led us to propose that the link that connects all of these tales is the absence of the object that leads the action. That is why this dissertation is called Tales of Absence
Palavras-chave: Psicanálise
Freud
Mário de Andrade
Literatura
Psicanálise aplicada às artes
Psychoanalysis
Literature
Psychoanalysis applied to the arts
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Josua, Dan. Contos de ausência: uma leitura freudiana para os Contos Novos. 2014. 92 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15335
Data de defesa: 21-Mar-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dan Josua.pdf704,55 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.