???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9268
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ataques especulativos e crises cambiais: uma análise da crise brasileira de 2002
Título(s) alternativo(s): Speculative attacks and currency crisis: the 2002 Brazilian crisis analysis
Autor: Mira, Roberta
Primeiro orientador: Cunha, Patricia Helena Fernandes
Resumo: A partir de meados da década de 90, os estudos econômicos relacionados a ataques especulativos direcionaram seu foco de atenção ao desenvolvimento de modelos capazes de prever antecipadamente a possibilidade de ocorrência de crises cambiais. A esta gama de modelos estatísticos denominou-se Early Warning Systems, também conhecidos como Modelos EWS. O presente trabalho pretende examinar a crise cambial de 2002, buscando responder a duas questões principais: a) Com base na literatura empírica, é possível caracterizar a acentuada volatilidade verificada no mercado de câmbio doméstico no ano 2002 como "crise cambial"? b) Quais indicadores, analisados isoladamente ou em conjunto, podem ser relacionados com este episódio? Com este propósito revisitam-se aqui os principais pontos da literatura teórica sobre ataques especulativos, crises cambiais e modelos EWS. Especificamente, utiliza-se a definição de crise cambial elaborada por Frankel e Rose (1996), adaptando-a à realidade de um regime de câmbio flutuante. Além disso, elabora-se um modelo de auto-regressão vetorial (VAR) com o intuito de tentar identificar quais variáveis estiveram relacionadas com a ocorrência de pressões cambiais no mercado brasileiro no ano de 2002
Abstract: Since the middle of the 1990s economic research relative to speculative attacks has focused attention on developing a new generation model to predict ex ante the likelihood of a currency crisis on a specific country or region. This new family of currency crisis models was denominated Early Warning Systems, well known as EWS Models. This paper examines the 2002 Brazilian Crisis in order to answer two basic questions: a) The empirical literature analysis suggests that the extreme volatility in the Brazilian foreign exchange market on this period could be classified as currency crises? c) Which indicators, considered as one or as a group, could be related to this episode? With this purpose, this paper revisits the main topics on the theoretical literature of speculative attacks, currency crisis and EWS Models. More specifically it examines the Frankel and Rose (1996) precise definition on currency crisis duly adapted to a flexible exchange rate regimes. Also, it was elaborated a vector auto-regression model (VAR) trying to identify which indicators could be related to the extreme exchange market pressure in the 2002 domestic market
Palavras-chave: Crise brasileira de 2002
2002 Brazilian crisis
Brasil -- Politica cambial
Crise economica -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA MONETARIA E FISCAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Economia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Mira, Roberta. Speculative attacks and currency crisis: the 2002 Brazilian crisis analysis. 2006. 135 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9268
Data de defesa: 12-May-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Roberta Mira.pdf641,99 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.