???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4358
Tipo do documento: Dissertação
Título: O futebol no campo econômico: construção jornalística da copa do mundo de 2002 como negócio
Título(s) alternativo(s): The economy of football in newspapers during the 2002 world cup
Autor: Campos, Anderson Gurgel 
Primeiro orientador: Prado, José Luiz Aidar
Resumo: O esporte tornou-se nas últimas décadas do século XX um dos nichos de negócios mais rentáveis dentro da ascendente economia do entretenimento. Nesse cenário, surgiu como um desafio para os jornais dar conta de grupos temáticos de editorias jornalísticas que se colocavam como aparentemente imiscíveis e, por força da sociedade globalizada e de consumo, começaram a se aproximar e se relacionar, como é o caso da economia relacionada ao esporte. Recentemente surgiram no dia-a-dia das coberturas noticiosas, nas páginas dos jornais, reportagens que constroem, por exemplo, relações entre clubes de futebol e bolsas de valores ou, ainda, entre estratégias de internacionalização de produtos de companhias de bebidas e investimentos em marketing esportivo. O mesmo ocorre com matérias com pautas sobre tecnologia, espetáculo e transmissão de eventos, além de outras que abordam o impacto do turismo durante um mundial e o aquecimento da economia durante uma competição. Dentro dessa diversidade que se apresenta, essa pesquisa tem como objetivo estudar como se dá a construção do futebol como negócio na mídia impressa. Para atingir a meta, a opção tomada nesta dissertação foi a de fazer uma análise das estratégias comunicativas de produção de sentido da economia do futebol nos jornais durante a Copa do Mundo de 2002. Para isso, foram analisadas tais reportagens dos jornais diários do segmento econômico Gazeta Mercantil e Valor Econômico, além do segmentado da área esportiva, o Diário Lance!, e o generalista Folha de S.Paulo desde um mês antes do evento e durante toda a competição, ou seja, de 05/05/2002 a 05/07/2002. Com o objetivo de dar conta do corpus de 229 matérias, a dissertação segue um percurso que discorre sobre a mídia como negócio e aborda as relações dos veículos midiáticos com o futebol (introdução e capítulo 1). Em seguida, inicia-se uma reflexão sobre o jornalismo econômico e o esporte como subsídios para a análise dos textos (capítulo 2). A partir daí, levanta-se uma hipótese de construção das temáticas em quatro grupos (capítulo 3), faz-se análise de discurso de reportagens representativas de cada um deles para, conclusivamente, apontar, na construção da Copa de 2002, os contratos existentes entre jornais e seus públicos
Abstract: Sports have become one of the most profitable business niches in the last decades of the 20th century in the increasing entertaining economy. In this scenario, this appeared as a challenge for the newspapers to deal with thematic groups of journalistic editorials, which were apparently immiscible and, for the globalization and consumption society, they started to approximate and have connections, which is the case of the economy related to sports. Recently, in the day-by-day of the news coverage, in the pages of newspapers, articles that build, for instance, relations between football clubs and stock exchanges or even among strategies of product internationalization of beverage companies and investments in sports marketing. The same occurs with articles about technology, entertainment and transmission of events, despite others that approach the impact of tourism during a world championship and the acceleration of economy with this event. Within this diverseness presented, this research has the objective of studying the way to build football (football) as print media business. To achieve such goal, the option taken in this essay was to analyze communicative strategies of production on the economy of football in newspapers during the 2002 World Cup. Articles from daily newspapers from the economy segment Gazeta Mercantil and Valor Econômico, despite the one from the sports segment, the Diário Lance!, and the general Folha de S.Paulo since one month before the event and for the entire competition, this is, May 5th 2002 thru June 5th 2002. With the objective of dealing with the corpus of 229 articles, the essay follows the course that expatiate media as business and approaches media relations with football (introduction and chapter 1). After that, there comes a reflection on economy journalism and sports as subside to text analysis (chapter 2). From then on, there comes the hypothesis of building themes in four groups (chapter 3), with discourse analysis of representative articles of each one of them, as a conclusion, point out, in the building of 2002 World Cup, the current contracts between newspapers and their public
Palavras-chave: Jornalismo
Economia
Futebol
Copa do Mundo
Discurso
Estratégias de Comunicação
Journalism
Economy
Football
World Cup
Discourse
Strategies of Communication.
Futebol - Aspectos econômicos
Jornalismo econômico
Jornalismo esportivo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Campos, Anderson Gurgel. TO futebol no campo econômico: construção jornalística da copa do mundo de 2002 como negócio. 2004. 141 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4358
Data de defesa: 4-Oct-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_andersongurgel_COS_04.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.