???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3954
Tipo do documento: Tese
Título: As diásporas chinesas e o Brasil: a comunidade sino-brasileira em São Paulo
Título(s) alternativo(s): Chinese diasporas and Brazil: the sino-brazilian community in São Paulo
Autor: Véras, Daniel Bicudo 
Primeiro orientador: Chaia, Miguel Wady
Resumo: A pesquisa objetiva apreender a diáspora chinesa, mais especificamente no Brasil. Além disso, analisar quais as transformações que esta imigração promove na sociedade brasileira. Calcula-se haver cerca de 35 milhões de chineses ultramarinos vivendo em quase 150 países. O Brasil é o lar de cerca de 200.000. Assim, visa-se identificar os fatores de expulsão de população na China, destacando-se a sua multiplicidade cultural, divergências políticas, além de compreender os fatores de atração de populações de diversas partes do mundo entre nós. Isto, além de permitir uma melhor visualização dos processos de deslocamento populacional, da política econômica e da globalização, permite identificar relações deste quadro mundial com a conformação da sociedade brasileira. Ao mesmo tempo que define a complexidade da identidade nesta sociedade. Descrevendo-se que, por razões históricas, há permanente contato entre Brasil e China, levantam-se três hipóteses básicas: 1) A China apresenta internamente fatores econômicos, políticos, além de culturais e demográficos, que expulsam parte de sua população; 2) O Brasil, pelo desenvolvimento de seu mercado, torna-se um polo de atração de populações do mundo, inclusive a chinesa; 3) Pensar a diáspora dos chineses e sua presença em São Paulo leva a visualizar o encontro entre Leste e Oeste, bem como a redefinição da cultura chinesa entre os chineses do Brasil. Por sua vez, com a nova influência. a sociedade brasileira também se modifica,. A metodologia consistiu em pesquisa bibliográfica histórica e teórica, além de documental (dados estatísticos secundários, como os do IBGE, e outros) e informações da imprensa escrita. Outrossim foram consultados os arquivos do Museu da Imigração (de 1997 a 2003) contendo depoimentos de chineses no Brasil. Ademais, realizamos cinco entrevistas em profundidade com imigrantes chineses em São Paulo, em 2006. Tomou-se o cuidado para que o perfil dos entrevistados fosse diversificado em termos de origem, procurando-se refletir, mesmo precariamente, a multiplicidade existente na diáspora. Os entrevistados falam sobre os temas listados nas hipóteses. Além do mais, a pesquisa contou com conversas informais, coleta de fotos, documentação, impressão de brasileiros e visitas a locais onde seria visível a influência chinesa na cidade de São Paulo e região. Reuniões e festividades da comunidade sino-brasileira foram registradas. Para análise dos dados, foram considerados os referenciais teóricos de Stuart Hall, Adam McKeown, entre outros, no que tange à conceitualização de diáspora. A obra de Abdelmalek Sayad teve importância na questão da condição do migrante. O conceito marxiano de exército industrial de reserva e teorias de Paul Singer e Herbert Klein salientam o papel explicativo sobre movimentação de populações. Com respeito à construção de uma identidade brasileira que incluía asiáticos e descendentes, mereceram destaque as reflexões de Jeffrey Lesser. Sobre a inserção dos chineses na sociedade brasileira, teceram-se considerações à luz das teorias de Sigmund Freud, Eric Hobsbawn, Edward Said e outros. Sobre certas diferenças de pensamento entre ocidentais e orientais, recorreu-se a autores como Tom Chung e François Jullien. Entre várias particularidades descobertas, verifica-se também a confirmação das hipóteses de pesquisa
Abstract: This research aims to understand the Chinese diaspora, particularly in Brazil. Also, to analyze the transformations that this immigration triggered in Brazilian society. About 35 million overseas Chinese are estimated to have settled in nearly 150 countries. Brazil is the home of approximately 200,000 overseas Chinese. Thus, we seek to identify the compelling factors for the emigration of Chinese population, highlighting its cultural multiplicity, political divergences, in addition to understand the factors for attracting people from all over the world towards Brazil. This, besides allowing a better view of the displacement of population, economic policy and globalization, allows the identification of relations between this global framework and the composition of Brazilian society. In this society, it also defines the complexity of the identity. Taking into account that, for historical reasons, Brazil and China have been in permanent contact, there are three basic hypotheses: 1) Internally, in China there are economic, political, cultural and demographic factors that compel part of its population to leave; 2) Brazil, in turn, for the development of its market, becomes a pole of attraction for people from all over the world, including the Chinese; 3) Analyzing the Chinese diaspora and their presence in São Paulo leads to a view of the meeting between East and West, as well as the redefinition of the Chinese culture among Sino-Brazilians. The Brazilian society, in turn, is also modified by the new influence. The methodology consisted of historical and theoretical literature research, in addition to documents (statistics from the Brazilian government and other sources) and information from the press. Moreover, the files of São Paulo s Museum of Immigration, from 1997 to 2003, contains interviews with Chinese living in Brazil. Furthermore, we performed five in-depth interviews with Chinese immigrants in São Paulo, in 2006. We sought interviewees from different origins, so that their profile would reflect, even precariously, the diaspora s multiplicity. The interviewees talk about the issues listed on the hypotheses above. The research was also enriched by informal conversations with Brazilians and Chinese, collection of photographs, gathering of documents, and visits to places where the Chinese influence would be visible in São Paulo city and the surroundings. Meetings and celebrations in the Sino-Brazilian community have been registered. For the data analysis concerning the conceptualizing of diaspora, theoretical references by Stuart Hall, Adam McKeown and others, have been taken into account. Abdelmalek Sayad s works were important in the issue of the immigrant condition. Karl Marx s concept of industrial reserve army , as well as Paul Singer s and Herbert Klein s theories had fundamental roles in explaining population movements. The thoughts of Jeffrey Lesser on the construction of a new Brazilian identity, to include also Asians and descendants, should be highlighted. About the Chinese s adaptation in the Brazilian society, theories of Sigmund Freud, Eric Hobsbawn, Edward Said and others had a guiding role in the reflection. About certain thought differences between East and West, we resorted to Tom Chung s and François Jullien s works. Among many particular findings, it can be also said that the research hypotheses were confirmed
Palavras-chave: China
Imigração
Diáspora
Cultura
São Paulo
Immigration
Culture
Asiaticos -- Diaspora
Chineses -- Emigracao e imigracao -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Véras, Daniel Bicudo. Chinese diasporas and Brazil: the sino-brazilian community in São Paulo. 2008. 280 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3954
Data de defesa: 15-Aug-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniel Bicudo Veras.pdf50,41 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.