???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3707
Tipo do documento: Dissertação
Título: A sociedade da informação no século XXI: o cotidiano na cultura digital e a leitura como prática cultural
Autor: Santos, Maurício Nascimento dos 
Primeiro orientador: Borin, Marisa do Espírito Santo
Resumo: A cultura digital - forjada pela revolução informacional dos anos 60 pelo advento das novas tecnologias da informação e comunicação, principalmente do computador e da internet - vem se constituindo neste século num processo social de longa duração não planejado, inaugurando um novo espaço social e cultural: o ciberespaço. O mundo se tornou cultura, uma cultura-mundo, em que poder dos fluxos é mais importante que os fluxos de poder, numa sociedade informacional e global. Nesta sociedade em transformação, o processo de tecnização, cuja técnica é uma constante antropológica, as noções de indivíduo, espécie, sociedade e cultura, precisam ser (re)conectadas para se compreender as novas maneiras de pensar, agir e sentir neste novo contexto social. Dentre as diversas práticas culturais cotidianas a leitura, é umas das mais importantes e se constitui como uma realidade com significados compartilhados intersubjetivamente e expressos na linguagem, elementos constitutivos da realidade social. Por isso, buscou-se, entender as consequências da cultura digital no mundo contemporâneo, no cotidiano e na leitura como prática cultural, conhecendo-se os contextos das relações sociais no real social. O cotidiano foi considerado como uma alavanca do conhecimento e um percurso teórico-metodológico. Realizou-se um estudo de caso, em um projeto desenvolvido no ciberespaço, em uma plataforma de ensino a distância: os Itinerários Literários Virtuais: Guimarães Rosa . Por meio de uma etnografia virtual e de uma abordagem fenomenológica, analisaram-se as interações sociais dos participantes, compreendidas como significados subjetivos da ação social e um referencial relevante da Sociologia da vida cotidiana. Como uma manifestação universal de todos os homens, a literatura se aproxima muito mais do fazer sociológico e o experimento analisado se constituiu numa fonte potente de ampliação de repertório cultural. Revelou-se um importante encontro das tecnologias de informação e comunicação, no ciberespaço, com as mudanças da leitura, como prática cultural, e da literatura, possibilitando uma compreensão do contexto social da cultura digital e um inovar no fazer sociológico, como artesanato intelectual
Abstract: Digital culture - forged by the information revolution of the 60s by the advent of new information technologies and communication, especially the computer and the Internet - has constituted this century a social process of long unplanned duration, inaugurating a new social and cultural space: cyberspace. The world has become culture, a culture-world, where power flows is more important than the power flows in an informational and global society. In this society in transformation, tecnichian process, whose technique is an anthropological constant, the notions of individual, species, society and culture, need to be (re) connected to understand the new ways of thinking, acting and feeling this new social context. Among the diverse cultural practices daily reading, it is one of the most important and is constituted as a reality shared meanings intersubjectively and expressed in language, constituent elements of social reality. Therefore, we sought to understand the impact of digital culture in the contemporary world, in everyday life and reading as a cultural practice, by knowing the contexts of social relations in social reality. The daily was considered as leverage the knowledge and theoretical and methodological route. We conducted a case study on a project developed in cyberspace, in a distance learning platform: the "Literary Virtual Itineraries: Guimarães Rosa". Through a virtual ethnography and a phenomenological approach, analyzed the social interactions of the participants understood as subjective meanings of social action and a relevant reference of the sociology of everyday life. As a universal manifestation of all men, literature is much closer to the sociological and analyzed experiment constituted a powerful source of cultural repertoire expansion. It proved to be an important gathering of information and communication technologies, in cyberspace, with the changes of reading as a cultural practice, and literature, enabling an understanding of the social context of digital culture and innovate in sociological do, as an intellectual craft
Palavras-chave: Cultura digital
Cotidiano
Leitura como prática cultural
Práticas culturais
Sociedade informacional
Digital culture
Everyday
Reading as a cultural practice
Cultural practices
Informational society
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Santos, Maurício Nascimento dos. A sociedade da informação no século XXI: o cotidiano na cultura digital e a leitura como prática cultural. 2016. 197 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3707
Data de defesa: 4-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mauricio Nascimento dos Santos.pdf1,72 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.