???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3699
Tipo do documento: Tese
Título: A ressignificação de identidade e a re/construção de cidadania de brasileiros na República da Irlanda: um estudo de caso de emigrantes trabalhadores qualificados (2000-2014)
Título(s) alternativo(s): The re/construction of identity and citizenship of Brazilians in the Republic of Ireland: a case study of migrant skilled workers (2000-2014)
Autor: Azevedo, Eliane Marchetti Silva 
Primeiro orientador: Wanderley, Luiz Eduardo Waldemarim
Resumo: Esta tese tem como objetivo conhecer o processo de inserção na sociedade hospedeira de brasileiros qualificados que emigraram para a Irlanda, buscando compreender se houve ressignificação de identidade e a busca por direitos de cidadania nesse país, bem como conhecer até que ponto o tempo de permanência é um fator determinante nesse processo. Partimos do pressuposto de que o tempo de permanência é uma variável importante, mas que existem outros fatores que devem ser conhecidos. Para balizar a análise dos dados, a abordagem teórica abrange o conceito de cidadania, revisto sob a ótica de autores da visão clássica e de concepções mais ampliadas. A dupla nacionalidade é abordada como um mecanismo transnacional e de ampliação de direitos cidadãos dentro do contexto da migração em países pertencentes ao Espaço Econômico Europeu (EEE). A revisão sobre identidade está centrada nas concepções de autores pós-estruturalistas da identidade cultural. Foi identificada a política imigratória irlandesa voltada para os trabalhadores e estudantes não pertencentes ao EEE e, avaliada a amplitude de direitos de cidadania dela advinda. A metodologia utiliza a abordagem qualitativa e tem o formato de estudo de caso. Foram selecionados dezesseis brasileiros que emigraram para a Irlanda durante os anos de 2000 a 2012, cuja qualificação acadêmica contempla cursos de graduação já finalizados ou cursos de pós-graduação. Parte da coleta de dados foi longitudinal (narrativa oral), ou seja, realizada ao longo de um ano e meio, e parte realizada através de entrevistas semiestruturadas. Para verificar se houve ressignificação e construção de cidadania por parte dos informantes foi utilizada a técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 1999), que possibilitou levantar as categorias que emergiram das narrativas orais. São elas: aquisição de língua; qualificação socioeducacional; acesso e oportunidades relativas ao trabalho; estranhamentos pessoais; e brasilidade. Foi possível verificar os meios utilizados pelos informantes para a ampliação de direitos cidadãos no país hospedeiro bem como os limites impostos nesse processo. Os resultados de pesquisa apontam que o tempo de permanência é fator coadjuvante para a ocorrência de ressignificações identitárias por parte dos informantes assim como para o processo de inserção na sociedade hospedeira. No entanto, o tempo de permanência nem sempre atua para a aquisição de direitos à cidadania plena no país hospedeiro. Existem outros fatores que se interpõem. Entre eles, a aquisição de cidadania europeia amplia o acesso aos direitos de cidadania nesse contexto, mas é a naturalização do país hospedeiro que confere aos imigrantes brasileiros direitos em paridade com os nacionais. Embora existam evidências de que o acesso dos imigrantes aos direitos e deveres provindos do exercício de cidadania no país hospedeiro esteja sendo ampliado, a concessão ao direito de cidadania plena ainda está a cargo do Estado-nação
Abstract: This thesis aims to know the process of integration in the host country of skilled Brazilians who have emigrated to Ireland. It tries to understand whether they have re-constructed their identity and have searched for citinzenship rights in that country. It also tries to know to what extent the factor years of residence in the host country is determinant in this process. We assume that the lenght of residence in the immigration country is an important variable, but there are other factors that should be known. To support the data analysis, the theoretical approach covered the classical concept of citizenship and also more enlarged ones. Dual nationality has been seen as a transnational mechanism as well as a way to extend some citizenship rights within the context of migration in EU/EEA-countries. The concept of identity used in this study is based on the poststructuralist authors of cultural identity. Irish immigration policy for workers and students from non-EU countries was identified and the citizenship rights which have arisen out of it were analysed.The qualitative approach is used and it has a case study format. The informants were sixteen Brazilians who had emigrated to Ireland during the period of 2000 and 2012 and whose academic qualifications include undergraduate or postgraduate courses. Part of the data collection was longitudinal (oral narrative) which was held over a year and a half, and part performed through semi-structured interviews. To achieve our goals the content analysis (BARDIN, 1999) was used. It was possible to raise the following categories which have emerged from the oral narratives: language acquisition; social and educational qualifications; access and opportunity in the workplace; personal strangeness; and the feeling of Brazilian nationality. It was also possible to verify the means used by the informants for the expansion of citizenship rights as well as the limits imposed on this process. The results from this study show that the years of residence is a supporting factor for the re-construction of identity performed by the informants and also for their integration process in the host society, but, on the other hand, this factor does not always act as a variable that allows the acquisition of full citizenship in the host country. There are other factors that are prevalent. Among them, the acquisition of European citizenship expands the rights of Brazilian immigrants, but it is only the naturalisation in the host country which confers them equal rights with the nationals. Although there is evidence that immigrants have had expanding their access to the rights and responsabilities of citizenship in the host country, the granting of access to the full citizenship is still in the control of the nation-state
Palavras-chave: Imigrantes brasileiros na Irlanda
Cidadania
Identidade
Dupla cidadania
Cidadania europeia
Naturalização
Brazilian immigrants in Ireland
Citizenship
Identity
Dual citizenship
European citizenship
Naturalization
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Azevedo, Eliane Marchetti Silva. A ressignificação de identidade e a re/construção de cidadania de brasileiros na República da Irlanda: um estudo de caso de emigrantes trabalhadores qualificados (2000-2014). 2015. 241 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3699
Data de defesa: 14-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eliane Marchetti Silva Azevedo.pdf3,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.