???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3468
Tipo do documento: Dissertação
Título: Um olhar racial para violência conjugal contra as mulheres negras
Autor: Santos, Mirian Lúcia dos 
Primeiro orientador: Bernardo, Teresinha
Resumo: O tema central desta pesquisa é a violência conjugal contra as mulheres negras. A intenção foi investigar de que forma o racismo poderia se apresentar nas experiências de violência conjugal contra as mulheres negras. Os sujeitos centrais foram mulheres negras que vivenciaram e/ou vivenciam situação de violência em relacionamentos conjugais heterossexuais. Uma das hipóteses apresentada é que existe a possibilidade de uma relação combinatória entre o machismo e o racismo na situação de violência conjugal contra as mulheres negras. Para confirmar tal afirmação foi necessário compreender a dinâmica do racismo na história das relações conjugais das mulheres negras no Brasil no período entre 1871 a 1888, para, assim, tentar discutir a situação de violência conjugal dessas mulheres nos dias atuais que se revela no possível estigma em que essas mulheres foram historicamente tratadas. Além disso, discorreu-se procurando apreender os principais conceitos que fundamentam essa pesquisa, como: gênero, violência conjugal e racismo. Tanto gênero quanto raça foi abordado a partir de uma perspectiva interdisciplinar antropologia, sociológica e, também, política. Esse universo analítico colaborou, e muito, para compreensão das relações sociais interseccionada entre gênero e raça na situação de violência conjugal em que se encontram as mulheres negras. Outro ponto de analise considerado importante para essa pesquisa diz respeito à atuação do Movimento Feminista. Contudo, como se trata de um movimento muito amplo, tentou-se trazer algumas considerações do movimento feminista a partir do recorte geográfico na América Latina. Nesse cenário, a intenção é apresentar alguns aspectos da trajetória de reivindicações do Movimento Feminista na América Latina e no Brasil no que se refere às reivindicações que buscam considerar as especificidades culturais, raciais, econômicas e regionais das mulheres diante das políticas internacionais contra qualquer tipo de opressão que possam acometer as mulheres. Além da abordagem conceitual, essa pesquisa se esforçou em buscar dados empíricos a partir da pesquisa qualitativa. As entrevistas com os sujeitos diretos e com algumas representantes do Centro de Referência da Mulher em São Paulo, revelaram que embora a manifestação do racismo na violência conjugal não seja perceptível no momento da violência, ele se apresenta como uma violência não visível ,ou seja, uma ferida não visível. O Racismo, nessa situação, por se apresentar, geralmente, de forma invisível e por não deixar marcas explícitas é confundido com ofensas morais e psicológicas. Nesse sentido, as dores e as marcas das palavras racistas do agressor, que a violenta, podem até não serem visualizadas e/ou percebidas, mas certamente deixam marcas profundas que ficam esculpidas no corpo, na mente e na alma
Abstract: The central theme of this research is the conjugal violence against Black women. The intention was to investigate how racism could present itself in the experiences of domestic violence against black women. The main subjects were black women who have experienced and/or experience situations of violence in heterosexual marital relationships. One presented hypothesis is that there is a possibility of a combinatorial relation between sexism and racism in the situation of domestic violence against black women. To confirm this assertion was necessary to understand the dynamics of racism in the history of the marital relationships of the black women in Brazil from 1871 to 1888, thus try to discuss the situation of domestic violence of these women nowadays that reveals the possible stigma that these women were historically treated. Moreover, spoke up looking for apprehending the main concepts that underlying this research, such as: gender, marital violence and racism. Both Gender as race was approached from an interdisciplinary perspective: anthropological, sociological, and also political. This analytical universe collaborated, and much to understanding the social relations between gender and race intersected in the situation of domestic violence in that are black women. Another very important point of analysis to be considered to this research concerns to the role of The Feminist Movement. Nevertheless as it is a very broad movement, tried to bring some considerations of the feminist movement from the crop in the Latin America. In this geographical view, the intention is to present some aspects of the trajectory of the claims Feminist Movement in Latin America and in Brazil with regard to claims that seek to consider the specific cultural, racial, economic and regional policies on women s international against any kind of oppression that may affect women. Besides the conceptual approach, this research endeavored to seek empirical data from qualitative research. The interviews with the direct subjects and with some representatives of the Women s Reference Center (Centro de Referência da Mulher) in São Paulo revealed that although the manifestation of the racism in marital violence is not noticeable at the moment of the violence, it presents itself as a not visible violence or it is one not visible wound. Racism in this situation, for presenting, usually in an invisible way does not leave explicit marks and it is confused with psychological and moral offenses. At this sense, the pain and the marks of the racist words from the aggressor that violate her may not even be viewed and/or perceived by other, but certainly leave deep marks that are carved in her body, mind and soul
Palavras-chave: Gênero
Movimentos sociais
Mulheres negras
Racismo e violência conjugal
Gender
Social movements
Black Women
Violence and racism marriage
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Santos, Mirian Lúcia dos. Um olhar racial para violência conjugal contra as mulheres negras. 2013. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3468
Data de defesa: 3-Apr-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mirian Lucia dos Santos.pdf1,85 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.