???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3404
Tipo do documento: Dissertação
Título: Questões sobre a morte e o morrer entre os egípcios e os hindus: conservação ou destruição do corpo?
Autor: Micsik, Beatriz Fonseca 
Primeiro orientador: Gouveia, Eliane Hojaij
Resumo: A presente dissertação tem como objetivo analisar questões sobre os estudos dos rituais de passagem, mais especificamente àqueles que envolvem o Morrer e a Morte com o intuito de traçar a importância dos rituais funerários nas civilizações Egípcia e Hindu. Ancorada nas estruturas de analise sobre a morte a partir de levantamento bibliográfico nas áreas de Antropologia, História e Egiptologia norteio minhas reflexões nas teorias desenvolvidas para entender os encontros com o pensar sobre o mito da imortalidade, e as relações de tensões relacionadas na obtenção do direto da vida eterna. Tendo isso como ponto inicial, desenvolvo questões sobre os diferentes tratamentos dos corpos dentro dos rituais funerários, em especial os rituais de mumificação realizados no antigo Egito, e os de cremação utilizados pelos Hindus para que se possa delinear a importância das relações entre conservação e destruição dos corpos. Podemos entender que os rituais funerários fazem parte da memória coletiva das civilizações, da mesma forma que os vestígios arqueológicos são parte dos documentos-monumentos conservados a favor dos estudos de história e arqueologia que nos constituirão referencia, uma vez que elas guardam as tradições de culturas milenares. Para ilustrar tal conceito utilizo-me de referencias iconográficas para melhor ilustrar a permanência dessas culturas. A metodologia utilizada para a análise iconográfica previu inicialmente a organização e descrição dos conjuntos imagéticos em livros, e acervos fotográficos especializados, encontrados na internet e fotos tiradas por mim em visita aos museus Britânico em Londres e do Vaticano na Itália
Abstract: This dissertation aims to analyze questions about the study of rites of passage, more specifically those that involve the Dying and Death in order to outline the importance of funerary rituals in the Hindu and Egyptian civilizations. Anchored in the structures of analysis about the death of literature from the areas of Anthropology, History and Egyptology norteio my reflections on the theories developed to understand the encounters with thinking about the myth of immortality, and the relations of related strains in obtaining direct of eternal life. With that as a starting point, develop questions about the different treatments of the bodies within the funerary rituals, especially rituals of mummification made in ancient Egypt, and the cremation used by Hindus to be able to outline the importance of relations between conservation and destruction of bodies. We understand that funeral rituals are part of the collective memory of civilizations, just as the archaeological remains are part of the documents-monuments preserved for the studies of history and archeology that form the reference, since they keep the traditions of old cultures. To illustrate this concept use me iconographic references to better illustrate the permanence of these cultures. The methodology used to analyze the organization initially predicted iconographic and pictorial description of the sets of books, and photographic collections specialist, found the Internet and photos taken by me to visit the British Museum in London and the Vatican in Italy
Palavras-chave: Túmulos
Rituais
Morte
Egípcios
Hindus
Tombs
Rituals
Death
Egyptian civilization
Hindus civilization
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Micsik, Beatriz Fonseca. Questões sobre a morte e o morrer entre os egípcios e os hindus: conservação ou destruição do corpo?. 2012. 121 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3404
Data de defesa: 1-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Beatriz Fonseca Micsik.pdf19,87 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.