???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22326
Tipo do documento: Tese
Título: As igrejas menores nas quebradas de fé: a construção da hegemonia do pentecostalismo nas periferias de São Paulo (1990-2010)
Autor: Marques, Vagner Aparecido 
Primeiro orientador: Londoño, Fernando Torres
Resumo: O campo religioso brasileiro vem passando por importantes transformações nas últimas décadas, com o declínio do catolicismo e contínua ascensão dos evangélicos que constituem um grupo poroso, plural e dinâmico; os pentecostais compõem a esmagadora maioria desse grupo. Os dados do censo demográfico de 2010 revelaram que os evangélicos saltaram de 15% para 22%, enquanto os católicos declinaram de 73,9% para 64,6%. Este estudo analisa o processo da fragmentação no interior do campo evangélico, responsável pela construção da hegemonia do pentecostalismo nas igrejas menores das quebradas de fé. O universo religioso do município de Ferraz de Vasconcelos, periferia da Grande São Paulo foi escolhido como campo de pesquisa para realização de etnografias, observação participante e entrevistas. Na pesquisa de campo foram observadas as características gerais das igrejas menores; modestas instalações, organizadas em pequenos núcleos familiares, muitas sem institucionalidade jurídica e dependentes do carisma pessoal de seu líder. As quebradas de fé são as periferias paulistanas que processaram significativas transformações nas últimas décadas. Juntas e misturadas, as igrejas menores e as quebradas de fé assistiram na década de 1990, de um lado, o boom evangélico e, de outro, o cotidiano de guerra nas periferias paulistanas. Em 2000, os evangélicos reforçaram seu crescimento, enquanto nas periferias se assiste a chegada do PCC, de sua moralidade e uma fórmula mágica da paz, em alguns casos com acordos e muita trocação de ideia e em outros com a guerra pela paz. Em 2010 o pentecostalismo se fragmenta e as igrejas menores se hegemonizam nas quebradas de fé. Neste sentido, o pentecostalismo das igrejas menores revela-se mais que uma expressão de fé, é uma forma de ser no mundo, configura o ethos de quebrada, e é vivido no cotidiano das periferias dos centros urbanos como um estio de vida
Abstract: The Brazilian religious field has been undergoing important transformations in the last decades, with the decline of Catholicism and the continuing rise of the evangelicals that constitute a porous, plural and dynamic group. The Pentecostals make up the overwhelming majority of this group. The 2010 demographic census data revealed that evangelicals jumped from 15% to 22%, while Catholics declined from 73.9% to 64.6%. This study analyzes the process of fragmentation within the evangelical field, responsible for the construction of the hegemony of Pentecostalism in the small churches of the “quebradas da fé”. The religious universe of the municipality of Ferraz de Vasconcelos, the periphery of São Paulo, was chosen as a research field for conducting ethnographies, participant observation, and interviews. In the field research, the general characteristics of the small churches were observed: modest facilities, organized in small family centers, many without legal institutionality and dependent on the personal charisma of its leader. The “quebradas da fé” are the peripheries of São Paulo that have processed significant transformations in the last decades. Mixed and all together, the small churches and the “quebradas de fé” watched in the decade of 1990, on the one hand, the evangelical boom and, on the other, the daily life of war in the outskirts of São Paulo. In 2000, the evangelicals strengthened their growth, while in the peripheries there is the arrival of the PCC, its morality and magical formula of peace, in some cases with agreements and a lot of talks and in others with the war for peace. In 2010 Pentecostalism is fragmented and the small churches are hegemonic in the “quebradas de fé”. In this sense, the Pentecostalism of the small churches reveals itself more than an expression of faith, it is a way of being in the world, configures the ethos of the community, and it is lived in the everyday life of the peripheries of urban centers as a lifestyle
Palavras-chave: Evangélicos
Convertidos ao pentecostalismo
Periferias
Quebradas da fé
Primeiro Comando da Capital (São Paulo)
Evangelicals
Pentecostal converts
Inner cities
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Marques, Vagner Aparecido. As igrejas menores nas quebradas de fé: a construção da hegemonia do pentecostalismo nas periferias de São Paulo (1990-2010). 2019. 168 f. Tese (Doutorado em História) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22326
Data de defesa: 25-Apr-2019
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vagner Aparecido Marques.pdf3,13 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.