???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20999
Tipo do documento: Tese
Título: Redes sociais e intersetorialidade na gestão da saúde
Autor: Silva, Maria de Fátima da
Primeiro orientador: Junqueira, Luciano Prates
Resumo: Esta tese se propõe a investigar os padrões de interações na relação intraorganizacional e interorganizacional, bem como a rede intersetorial, a partir da análise das redes sociais entre os gestores que integram a equipe de gestão das unidades e serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) do Município de São Paulo, de uma organização sem fins lucrativos - a SPDM. Investigou-se se há um processo de interação em rede social e intersetorial na gestão e entre as unidades e serviços de saúde do Ipiranga, Vila Mariana e Jabaquara e as demais áreas que atuam com a área da saúde no atendimento às demandas dos usuários da saúde. Adotou-se a metodologia de pesquisa, de natureza quantitativa, realizada mediante a execução de entrevista individual com a aplicação de um formulário, a fim de identificar a existência de uma rede intraorganizacional e interorganizacional e a ação intersetorial, entre setores e organizações que interagem com a área da saúde. Na análise dos dados, caracterizaram-se as redes e os vínculos de contato entre os agentes, os assuntos e temas compartilhados, e a identificação dos profissionais demandados nessas interações, entre as unidades de saúde, serviços de saúde e demais organizações que interagem com a saúde. Os dados foram inseridos no Excel e tratados no software para análise de redes, o ORA.NetScenes. As métricas adotadas permitiram a identificação e a análise da estrutura da rede e a centralidade dos agentes nas interações da área de saúde com a assistência social, educação e serviços da rede assistencial como as relações entre Atenção na Urgência e Emergência, a Atenção Hospitalar, a Atenção Ambulatorial Especializada e a Atenção Psicossocial. As análises revelaram que os vínculos estabelecidos representam uma baixa fração do total de vínculos possíveis, para os tipos de relação analisada nesta pesquisa, entre todas as modalidades de atenção à saúde, tanto na região Ipiranga quanto na região Vila Mariana e Jabaquara. As regiões denotam alto potencial de desenvolvimento e fortalecimento das relações intraorganizacional entre as modalidades de atenção no atendimento integral ao usuário da saúde
Abstract: This thesis aims to investigate the patterns of interactions in the intraorganizational and interorganizational relationship, as well as the intersectoral network, based on the analysis of the social networks among the managers that integrate the management team of health units and services of the Unified Health System (SUS) of the Municipality of São Paulo, a non-profit organization - SPDM. It was investigated if there is a process of interaction in social and intersectoral network in the management and between the units and health services of Ipiranga, Vila Mariana and Jabaquara and the other areas that work with the health area in meeting the demands of health users. The methodology of network analysis, of a quantitative nature, was carried out through the execution of an individual interview with the application of a form, to identify the existence of an interorganizational and interorganizational network and the intersectoral action, between sectors and organizations that interact with the health area. In the analysis of the data, the networks and the contact links among the agents, the subjects and shared themes were characterized, and the identification of the professionals demanded in these interactions, between the health units, health services and other organizations that interact with the Cheers. The data were entered in Excel and processed in the network analysis software, ORA.NetScenes. The metrics adopted allowed the identification and analysis of the structure of the network and the centrality of the agents in the interactions of the health area with the social assistance, education and services of the health care network, such as the relationship between Attention in Emergency and Emergency, Hospital Attention, Specialized Ambulatory Care and Psychosocial Care. The analyzes showed that the established links represent a small fraction of the total number of possible links between the health care modalities analyzed in the Ipiranga region and the Vila Mariana and Jabaquara regions. The regions denote high potential of development and strengthening intra-organizational relations between the modalities of attention in the integral care to the health user
Palavras-chave: Redes sociais
Intersetorialidade
Saúde pública
Social networks
Intersectionality
Public health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Silva, Maria de Fátima da. Redes sociais e intersetorialidade na gestão da saúde. 2017. 232 f. Tese (Doutorado em Administração) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20999
Data de defesa: 5-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria de Fátima da Silva.pdf5,22 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.