REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/20897
Tipo: Dissertação
Título: A física do estado sólido no Brasil: relações entre ciência, indútria e sociedade
Título(s) alternativo(s): The solid-state physics in Brazil: relations between science, industry, and society a summary
Autor(es): Marzagão, Laércio Antonio
Primeiro Orientador: Goldfarb, Jose Luiz
Resumo: Esse trabalho tem dois objetivos. O primeiro é construir uma história da física de estado sólido no Brasil segundo três universos: o da academia, o da indústria e o do Estado - cuja presença na criação de tecnologia e ciência se tornou notável a partir da Segunda Guerra Mundial. É uma história recente. Material substancial para a construção dessa história foi obtido através de entrevistas com personagens importantes desses três universos no Brasil. Mais do que os desenvolvimentos isolados dessas três universos, foi observado o entrelaço desses três mundos. A metodologia adotada para a construção desta narrativa é a história híbrida oral. Com base na história construída, o segundo objetivo é apontar os fatores determinantes que apoiam a articulação entre academia e a indústria e a resultante criação de riqueza a partir do conhecimento. Este trabalho considera, por hipótese, que o sucesso desta articulação é dependente de contexto, cuja configuração é definida pela teoria a "teoria do diamante" de Michael Porter. Essa mesma teoria é utilizada na avaliação do sucesso da articulação entre academia e indústria nos anos 1970 e 1990
Abstract: This work has two objectives. The first is to build a history of solid-state physics in Brazil according to three universes: that of the academy, that of industry and that of the state - whose presence in the creation of technology and science became remarkable since World War II. This history is recent, so interviews with representative people from these three universes in Brazil brought the substantial material for the construction of this history. The methodology adopted for the construction of this narrative is that of hybrid oral history. However, more than the isolated histories of these three universes, the interweaving of these three worlds was observed. Based on constructed history, the second objective is to identify the determinants that support the articulation between academia and industry and the resulting creation of wealth from knowledge. This work considers that the success of this articulation is context-dependent, which structure is defined by the theory of "diamond theory" by Michael Porter. The evaluation of the articulation between academia and industry between the years 1970 and 1990 exploits this same theory
Palavras-chave: História da Ciência
Física do estado sólido
Pesquisa industrial
History of Science
Solid state physics
Research, Industrial
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Marzagão, Laércio Antonio. A física do estado sólido no Brasil: relações entre ciência, indútria e sociedade. 2017. 313 f. Dissertação (Mestrado em História da Ciência) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20897
Data do documento: 23-Fev-2018
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Laércio Antonio Marzagão.pdf9,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.