???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/2079
Tipo do documento: Tese
Título: Stress, burnout, coping em padres responsáveis pela formação de seminaristas católicos
Autor: Morais, Maria de Fátima Alves de 
Primeiro orientador: Valle, João Edenio dos Reis
Resumo: A presente pesquisa tem como finalidade verificar como o stress e o burnout se dão em sacerdotes que atuam na formação do futuro clero. Busca individuar e descrever de maneira positiva os estressores que caracterizam as situações de tensão próprias desse grupo, além de individuar as estratégias de enfrentamento por ele usadas. Para tanto, foram validadas para essa população três escalas de largo uso na pesquisa: o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL); Inventário de Maslach de Burnout (MBI) e Inventário de Estratégias de Coping, de Folkman e Lazarus. Estas três escalas foram aplicadas e validadas em dois grupos distintos de sacerdotes. Os resultados de cada uma dessas amostragens foram submetidos a análises fatoriais distintas. Por razões de acesso mais fácil à população em estudo, foi usada na pesquisa apenas a segunda amostragem (a dos formadores). Esta amostragem foi constituída por 103 padres formadores. Visando complementar qualitativamente os dados, foi aplicado a esse mesmo grupo um questionário mais qualitativo elaborado pela pesquisadora, o Questionário de Avaliação de Estressores, de Morais. O conjunto de todos esses dados foi tabulado e analisado, usando-se para tanto testes não paramétricos e cruzamento entre as escalas. Detectaram-se diferenças significativas em correlações de vários tipos, seja quanto stress (exaustão emocional, despersonalização), seja quanto aos fatores de coping, indicados pela Escala de Lazarus e Folkman. Correlações positivas significativas foram encontradas nestas categorias: confronto e despersonalização, sintomas físicos e sintomas psicológicos de stress; afastamento e exaustão emocional; e sintomas psicológicos de stress; fuga e esquiva e despersonalização; exaustão emocional e sintomas físicos e sintomas psicológicos, despersonalização e sintomas físicos e psicológicos de stress; realização profissional e sintomas físicos de stress apresentaram uma correlação negativa. O questionário da autora desta pesquisa sobre os estressores do cotidiano mostrou que o encaminhamento do formando de volta para sua família é o maior estressor, já o ambiente de trabalho na casa de formação é o menor causador de stress para os padres formadores. Na conclusão, são apontadas as estratégias de maior êxito no enfrentamento das dificuldades dos presbíteros com relação às suas atividades diárias
Abstract: This research has its main objetive do verify if and how the stress and the burnout phenomena are present in catholic priests who are in charge of the formation of the catholic clergy in Brazil. It tries to describe in a positive way the stressors that are characteristics of the tension situations of this special group. At the same time it aims to find out what are the strategies used by this group in order to cope with the problems they find in their everyday activity as priests and formators. The research is based in three very well known and used instruments which are adequately adapted for the group under investigation: the IBM of C. Maslach, the Inventory of Coping Strategies of Lazarus and Folkman and the Inventory of Stresses (ISSL) of the brazilian researcher M. Lipp. The two firt instruments wer submitted to a factor analysis and different statistical comparisons between the results were made and analysed. Besides that the researcher created a special Questionnaire in order to find out what are the really causes of stress in concrete situation of the houses of formation. In the first chapter the author presents the theoretical aspects of the question under discussion; in chapter two the results of the factorial analysis and of the correlations founded are presented; in the last chapter the autor comments and analyses those results. In the conclusion the strategies for coping with the difficulties indicated by the formators are listed
Palavras-chave: Exaustão
Stress em presbíteros formadores católicos
Coping in catholic priests
Igreja Catolica -- Clero -- Formacao
Stress (Psicologia)
Burnout (Psicologia)
Experiencias de vida
Seminaristas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Morais, Maria de Fátima Alves de. Stress, burnout, coping em padres responsáveis pela formação de seminaristas católicos. 2008. 182 f. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/2079
Data de defesa: 3-Oct-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria de Fatima Alves de Morais.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.