???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20514
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tradução e adaptação transcultural da escala de avaliação da primeira infância para bebês e crianças DECA I/T (Devereux Early Childhood Assessment for Infants And Toddlers)
Título(s) alternativo(s): Translation and cross-cultural adaptation of the Devereux Early Childhood Assessment for Infants and Toddlers (DECA I/T)
Autor: Coelho, Mônica Andrigo Moreira de Ulhoa 
Primeiro orientador: Ramos, Denise Gimenez
Resumo: O tema da dissertação de mestrado é ligado à primeira infância e à resiliência em bebês (de quatro semanas a 18 meses de idade) e crianças (de 18 a 36 meses de idade). O objetivo do trabalho foi traduzir para o português e realizar a adaptação transcultural da escala de avaliação da primeira infância para bebês e crianças denominada Devereux Early Childhood Assessment for Infants and Toddlers (DECA I/T), criada e desenvolvida por Gregg Powell, Mary Mackrain e Paul LeBuffe, detida pela The Devereux Foundation, editada e publicada por Kaplan Early Learning Corporation em 2007. A escala DECA I/T mede os fatores de proteção sociais e emocionais (apego/relacionamento, iniciativa e autorregulação) para avaliar e indicar a força desses fatores em bebês e crianças. Para realização da tradução e adaptação transcultural foram utilizadas, em linhas gerais, as diretrizes e orientações de Hambleton e Patsula (1998) e Souza e Rojjanasrirat (2010). O procedimento consistiu das seguintes etapas: (a) tradução do instrumento original em inglês para o português por duas tradutoras brasileiras independentes e bilíngues, sendo uma delas juramentada, ambas familiarizadas com a cultura brasileira e americana e sem conhecimento em psicologia; (b) comparação e unificação das duas versões traduzidas pela pesquisadora, que atuou como terceira tradutora, e revisão da versão unificada; (c) retrotradução da versão unificada para o inglês por outro tradutor independente bilíngue, estadunidense, fluente em português, familiarizado com a cultura brasileira e a americana e não atuante na área de psicologia, seguida de revisão e aprovação da versão final da escala em português por Comitê de Especialistas; (d) aplicação da versão final em português em um projeto piloto. A DECA I traduzida foi aplicada e respondida por 13 avaliadores (seis mães, uma avó, um pai e cinco berçaristas de bebês). No total foram avaliados 12 bebês, sendo um deles avaliado pelo pai e pela berçarista. A DECA T foi aplicada e respondida por 13 avaliadores (seis mães, uma avó, duas assistentes de sala, duas educadoras e duas professoras de crianças). No total foram avaliadas 19 crianças, pois duas assistentes de sala avaliaram duas crianças cada, duas educadoras avaliaram, cada uma, três crianças, e duas professoras avaliaram, cada uma, três crianças. Após a aplicação do projeto piloto, a tradução para o português da DECA I/T foi considerada culturalmente adaptada e apta para futura validação
Abstract: The subject of this master´s dissertation is related to early childhood and resilience in infants (four weeks to 18 months old) and toddlers (18 to 36 months old). The study aimed at translating into Portuguese and transculturally adapting the early childhood assessment for infants and toddlers named ―Devereux Early Childhood Assessment for Infants and Toddlers‖ (DECA I/T), developed by Gregg Powell, Mary Mackrain and Paul LeBuffe, owned by The Devereux Foundation, edited and published by Kaplan Early Learning Corporation in 2007. DECA I/T assessment measures the social and emotional protective factors (attachment/relationship, initiative and self-regulation) to evaluate and indicate the strength of such factors in infants and toddlers. For the translation and transcultural adaptation of the assessment, the guidelines of Hambleton and Patsula (1998) and Souza and Rojjanasrirat (2010) were generally used. The procedure consisted of the following steps: (a) translation of the original instrument in English into Portuguese by two Brazilian, bilingual, independent translators, being one of them a sworn-translator, both of them familiarized with the Brazilian and American cultures, and without knowledge in Psychology; (b) comparison and consolidation of both translated versions by the researcher, who acted as a third translator, and review of the synthetized version; (c) back-translation of the consolidated version in Portuguese into English by another American, bilingual, independent translator, fluent in Portuguese, familiarized with the Brazilian and American cultures and not working in the Psychology area, followed by review and approval of the final version of the assessment in Portuguese by an Expert Committee; (d) application of the Portuguese final version in a pilot project. The translated DECA I was applied to and responded by 13 evaluators (six mothers, one grandmother, one father and five nursery caregivers of infants). A total of 12 infants were evaluated (one of them was evaluated by the father and the nursery caregiver). The translated DECA T was applied to and responded by 13 evaluators (six mothers, one grandmother, two room assistants, two educators e two teachers of toddlers). A total of 19 toddlers were evaluated (two room assistants evaluated two toddlers each, two educators evaluated three toddlers each, and two teachers evaluated three toddlers each). After application of the pilot project, the translation into Portuguese of DECA I/T was considered culturally adapted and apt for future validation
Palavras-chave: Resiliência (Traço da personalidade) em crianças
Escala de avaliação da primeira infância para bebês e crianças
DECA I/T
Resilience (Personality trait) in children
Devereux Early Childhood Assessment for Infants and Toddlers (DECA I/T)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Coelho, Mônica Andrigo Moreira de Ulhoa. Tradução e adaptação transcultural da escala de avaliação da primeira infância para bebês e crianças DECA I/T (Devereux Early Childhood Assessment for Infants And Toddlers). 2017. 162 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia: Psicologia Clínica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20514
Data de defesa: 29-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mônica Andrigo Moreira de Ulhoa Coelho.pdf2,8 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.