???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20127
Tipo do documento: Dissertação
Título: A significação do trabalho a partir da cultura do management: uma análise dos possíveis impactos aos trabalhadores
Autor: Zanin, Fábio Luiz 
Primeiro orientador: Hoyos Guevara, Arnoldo José
Resumo: Este trabalho propõe analisar a cultura do management americano, sua trajetória na história das organizações e seus possíveis impactos na sociedade contemporânea. Será possível observarmos no presente trabalho que tal cultura quando alinhada ao imperativo financeiro, controla as ações dos diversos indivíduos para a busca da rentabilidade e do lucro, por vezes, a qualquer custo. Jornadas de trabalho superiores há oito horas diárias, precarização e flexibilização das relações de trabalho, possivelmente corroem as relações pessoais e familiares dos trabalhadores. Quando para as organizações o emprego não possui importância, traz o medo do desemprego e a competitividade entre pessoas. Lógica que provavelmente conduziria a uma redução significativa no padrão da qualidade de vida dos trabalhadores. Procuramos apresentar uma reflexão através de pesquisa bibliográfica das possíveis consequências do ritmo de trabalho de tempo integral para os trabalhadores, bem como uma nova proposta de reorganização deste trabalho e os estudos da administração. As corporações nos apresentam, por vezes, uma lógica deshumana de desenvolvimento de nossos trabalhos, nos conduzindo a trabalhos penosos, que nos constrangem, fazendo com que vivenciemos momentos tediosos. Trabalhos que seriam vivenciados sem sentido e significado, que podem trazer impactos deletérios à saúde mental, desenvolvendo, desta forma, doenças de cunho emocional aos trabalhadores. Procuraremos, no discorrer do texto, promover um debate sobre as reflexões do mainstream, ou seja, a corrente principal dominante da administração, reflexões que nos parecem apropriadas, pois este estilo de administração teria e tem direcionado as ações das organizações com foco nos negócios e no dinheiro e não nas pessoas. Pretendemos com este trabalho contribuir de forma a repensar o ensino da administração e o tempo investido nos nossos trabalhos, para que nós, indivíduos, possamos usufruir do quantum de prazer gerado pelas diversas atividades profissionais de forma mais humanizada
Abstract: His work proposes to analyze the culture of American management, its trajectory in the history of organizations and their possible impacts on contemporary society. It will be possible to observe in the present work that such culture when aligned with the financial imperative, controls the actions of the various individuals to search for profitability and profit, sometimes at any cost. Higher working hours for eight hours a day, precariousness and flexibility of labor relations, possibly corrode the personal and family relationships of workers. When to the organizations the work does not have importance brings the fear of the unemployment and the competitiveness between people. Logic would possibly lead to a significant reduction in the standard of quality of life of workers. We seek to present a reflection through bibliographical research of the possible consequences of the rhythm of full-time work for the workers, as well as a new proposal of reorganization of this work and the studies of the administration. Corporations sometimes present us with an inhuman logic of development of our work, leading us to painful work, which would embarrass us and where we would experience tedious moments. Works that would be experienced without meaning and meaning, that can bring deleterious impacts to mental health, developing in this way, emotional diseases to the workers. We will seek in the discussion of the text, to promote a debate about the mainstream reflections, that is, the main mainstream of the administration, reflections that seems appropriate, since this style of administration would have and has directed the actions of the organizations in business and in money and Not in people. We intend with this work to contribute in a way to rethink the teaching of the administration and the time invested in our works, so that we individuals can enjoy the quantum of pleasure generated by the various professional activities in a humanized way
Palavras-chave: Cultura organizacional
Ciências sociais e administração
Qualidade de vida no trabalho
Organizational culture
Social sciences and administration
Quality of life at work
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Zanin, Fábio Luiz. A significação do trabalho a partir da cultura do management: uma análise dos possíveis impactos aos trabalhadores. 2017. 108 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20127
Data de defesa: 18-May-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fábio Luiz Zanin.pdf874,01 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.