???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20062
Tipo do documento: Dissertação
Título: A construção de si a partir do Ashtanga Vinyasa Yoga
Autor: Meduri, Juliana 
Primeiro orientador: Oliveira, Rita de Cássia Alves
Resumo: O objetivo do trabalho de mestrado A construção de si a partir do Ashtanga Vinyasa Yoga é discutir a ideia de cuidado de si, trazida com clareza pelos gregos como epiméleia heautoû desde o século V a.C., em diálogo com as bases filosóficas indianas, que tiveram seu fundamento a partir de textos antigos hindus que datam de 1.500 a.C. até o século 4 d.C. Tal cruzamento teórico tem o sentido de traçar um paralelo entre o cuidado de si trazido por Michel Foucault e os princípios éticos que atravessam a ética ascética hindu. O êthos só é possível em um corpo livre: de suas paixões, da escravidão da mente, do governo da mente sobre si, de fatores externos em geral, que geram distúrbios à percepção. A pesquisa investigou de que técnicas e mecanismos, os Gurus do Ashtanga Yoga, em específico, lançaram mão, para que tantas pessoas, de tantos lugares, compartilhando o paradigma cartesiano de corpo e “si”, fossem à sua procura e se aproximassem de modo contundente a uma prática que estabelece outra percepção de si e outra relação com o corpo. As etapas para a compreensão destas questões consistiram em pesquisa de campo com doze praticantes atuais de yoga, na leitura e análise dos textos antigos do yoga e a articulação da pesquisa de campo e da análise dos textos antigos à visão de ética apresentada por autores contemporâneos como Michel Foucault, Francisco Varela e Edgar Morin, seguidos pela análise iconográfica relacionada à genealogia do yoga, que envolve diversas transformações no nível técnico, simbólico e político
Abstract: The main objective of the masters thesis A Construção de si a partir do Ashtanga Vinyasa Yoga is to discuss the idea of self care, first conceived in ancient Greece in the 5th century B.C. as epiméleia heautoû, within Indian philosophical constructs, which had their foundation built upon sacred texts that date from 1500 B.C, to the 4th Century A.D. This theoretical crossing is used within this thesis to trace a parallel between the concept of self care proposed by Michel Foucault and the hindu ascetic ethic. This ethos is only achieved within a free body: free from passion, psychological disturbance, self-imposed physical binds, and external factors that disturb perception. The research within investigates which techniques and mechanisms were used by Ashtanga Yoga Gurus, specifically, resulting in their being sought out by so many people, from so many different places, sharing the cartesian paradigm of “body” and “self”, and being brought together through this practice that allows one to establish another perception of onself and one’s relation to one’s body. The different stages that build up the comprehension of the main points of this theses include field research with twelve current practitioners of yoga; reading and analysis of ancient yoga texts; insertion of the previously mentioned research within the context of ethical views expressed by contemporary authors such as Michel Foucault, Francisco Varela and Edgar Morin; followed finally by iconographic analysis related to yoga’s genealogy, involving transformations on a technical, symbolical and political level
Palavras-chave: Ioga
Corpo
Ashtanga Vinyasa Yoga
Ética
Ethic
Self-care
Body
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Meduri, Juliana. A construção de si a partir do Ashtanga Vinyasa Yoga. 2017. 135 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20062
Data de defesa: 7-Apr-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Meduri.pdf2,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.