REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/19975
Tipo: Dissertação
Título: A concepção e o lugar que a eudaimonia ocupa na ética Nicomaqueia de Aristóteles
Autor(es): Lopes, Vera Lucia
Primeiro Orientador: Perine, Marcelo
Resumo: A ética aristotélica se articula a partir da investigação de qual é o bem supremo do homem e o fim a que tendem todas as coisas. Aristóteles afirma que a felicidade (eudaimonia) é esse bem que todos buscam na vida e, por isso, é o fim ao qual devem tender todas as coisas desejadas pelo ser humano. Para Aristóteles, a eudaimonia é a realização bem-sucedida do ser humano entendido como animal político racional. Desta forma, o homem é feliz quando realiza o fim para qual existe, isto é, quando realiza a obra (érgon) que lhe é própria. A presente dissertação, que se concentra na parte da Ética Nicomaqueia conhecida como “O tratado da virtude” (livros I-IV), tem por objeto compreender a concepção e o lugar que a eudaimonia ocupa na ética de Aristóteles. Para tanto, investiga-se alguns conceitos da ética aristotélica estreitamente ligados com a sua concepção de eudaimonia. Em conclusão, apresenta-se um debate recente que se tornou paradigmático aos estudos da ética aristotélica. Trata-se do debate entre as posições de dois grandes aristotélicos contemporâneos, Hardie e Ackrill, acerca da concepção da eudaimonia como bem supremo, a ser entendida como um bem inclusivo de todos os outros (Hardie) e um bem dominante de todos os outros (Ackrill)
Abstract: The Aristotelian ethics is articulated from the research on which is the supreme good of man and the purpose for which all things tend. Artistotle says that happiness (eudaimonia) is this good that we all seek in life and, therefore, is the end to which all things desired by man tend. For Aristotle, eudaimonia is the successful accomplishment of the human being viewed as a rational political animal. Thus, the man is happy when performing the purpose for which he exists, i.e., when performing the work (érgon) of its own. This study, which focuses on the part of the Nicomachean Ethics that became known as “The treaty of virtue” (Books I-IV), aims at understanding the design and place that occupies eudaimonia in the ethics of Aristotle. Therefore, we investigate some concepts of Aristotelian ethics closely linked with his conception of eudaimonia. In conclusion to the paper, we present a recent debate that has become paradigmatic in studies of Aristotelian ethics. This is the debate between the positions of two great contemporary Aristotelians, Hardie and Ackrill on the conception of eudaimonia as a supreme good, to be understood as an inclusive one (Hardie) or a dominant one of all the others (Ackrill)
Palavras-chave: Ética
Virtude
Felicidade
Ethics
Virtue
Happiness
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Lopes, Vera Lucia. A concepção e o lugar que a eudaimonia ocupa na ética Nicomaqueia de Aristóteles. 2017. 177 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19975
Data do documento: 24-Mar-2017
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vera Lucia Lopes.pdf868,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.