???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19938
Tipo do documento: Tese
Título: Impactos do Programa Bolsa Família no mercado de trabalho formal dos municípios brasileiros no período de 2004 a 2013
Autor: Correa Junior, Carlos Barbosa 
Primeiro orientador: Trevisan, Leonardo Nelmi
Resumo: Questões como de que maneira o crescimento econômico pode promover a distribuição de renda de uma nação, ou, por outro lado, como a distribuição da renda pode impactar no crescimento econômico, intrigam pesquisadores há décadas, persistindo o debate sobre a existência de um trade-off entre eficiência econômica e igualdade. Diante dessa abrangente discussão emerge o objetivo geral desta pesquisa: o de investigar os impactos do Programa Bolsa Família no mercado de trabalho formal dos municípios brasileiros no período de 2004 a 2013. O percurso exploratório inicia com uma pesquisa históricobibliográfica dos modelos de crescimento econômico, contemplando os modelos de crescimento endógeno de Romer (1986), Lucas (1988) e seus sucessores, do fator de produção trabalho, do mercado de trabalho brasileiro, dos modelos de desenvolvimento, das trajetórias das políticas públicas brasileiras, do modelo contemplado pelo Programa Bolsa Família e dos modelos sobre o trade-off crescimento e igualdade. Segue com o modelo dedutivo econométrico clássico, as etapas da exposição da hipótese, da especificação do modelo matemático da teoria, da especificação do modelo estatístico ou econométrico, da obtenção dos dados, da estimação dos parâmetros do modelo econométrico e do teste das suas hipóteses. São testadas três Hipóteses, da associação do Programa Bolsa Família com a quantidade de pessoal ocupado assalariado, com o total dos salários e outras remunerações pagos e com do Produto Interno Bruto, utilizando-se como unidade de análise cada um dos 5.570 municípios brasileiros. Os dados são coletados através dos sites oficiais governamentais IBGE e MDS. São utilizadas quatro estratégias: estatísticas descritivas, método de estimação dos Mínimos Quadrados Ordinários das variáveis na primeira diferença, estimações por modelo de dados em painel de efeitos fixos e estimações por modelos dinâmicos de dados em painel de Arellano e Bond (1991). Os resultados indicam a associação positiva nas três Hipóteses testadas
Abstract: Researches have been intrigued for decades about how economic growth can promote nation's income distribution, and, on the other hand, how income distribution impacts economic growth. The debate over the existence of a trade-off between economic efficiency and equality persists today. From this broad discussion about the effects of public policy that aimed at income distribution in the labor market and economic efficiency, the general objective of this research emerges: to investigate the impacts of the Bolsa Família Program on the formal labor market of Brazilian’s municipalities from 2004 to 2013. The present study starts with a bibliographical-historical research, which includes the economic growth models, the endogenous growth models of Romer (1986), Lucas (1988) and their successors, the labor production factor, the Brazilian labor market, the models of Development, the trajectories of Brazilian public policies, models of income transfer, the model contemplated by the Bolsa Família Program, and the models on the trade-off growth and equality. It follows with the classical deductive econometric model, which entails the hypothesis presentation, the mathematical model and theory specification, the specification of the statistical model, the data obtaining, the estimation of econometric parameters, and the hypotheses testing. Three Hypotheses are tested. The first addresses the relationship of the Bolsa Família Program and the number of salaried employees, the second addresses the link of the Program and the total of salaries, and the third addresses the relation of the Program with the Gross Domestic Product. The unit of analysis is the 5,570 Brazilian municipalities. The sources of information are data from IBGE and MDS websites. Four analytical strategies are implemented: descriptive statistics, method of estimation of the Ordinary Least Squares of the variables in the first difference, estimations by data model in fixed effects panel, and estimations by dynamic panel data models of Arellano and Bond (1991). The results indicate a positive association in the three Hypotheses tested
Palavras-chave: Programa Bolsa Família (Brasil)
Mercado de trabalho
Desenvolvimento econômico
Bolsa Família Program (Brazil)
Labor market
Economic growth
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Correa Junior, Carlos Barbosa. Impactos do Programa Bolsa Família no mercado de trabalho formal dos municípios brasileiros no período de 2004 a 2013. 2017. 177 f. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19938
Data de defesa: 21-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carlos Barbosa Correa Junior.pdf1,21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.