???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19844
Tipo do documento: Dissertação
Título: Política e PNUD: resiliência, desenvolvimento humano e vulnerabilidades
Autor: Wilke, Helena Cecília Barreto Bruno 
Primeiro orientador: Oliveira, Salete Magda de
Resumo: Esta pesquisa mapeia a produção dos principais conceitos e abordagens do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Sua emergência remonta a um período de revisões liberais e expansão das organizações internacionais ancoradas na busca pela paz democrática, ainda sob os efeitos da Segunda Guerra Mundial. Seus empreendimentos evidenciam delineamentos mais acabados após a chamada Guerra Fria, quando a segurança e o desenvolvimento, calcados no humano, passam a responder aos redimensionamentos da governamentalidade planetária. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), adotado pelo PNUD a partir da década de 1990, mostra-se importante instrumento na identificação e construção das chamadas vulnerabilidades como virtuais ameaças aos governos do e no planeta. A análise do Programa Conjunto Segurança com Cidadania, coordenado pelo PNUD em um bairro na capital do Espírito Santo, expõe o funcionamento do IDH, aliado à abordagem da chamada segurança cidadã – específica à América Latina, recentemente incorporada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Justiça Restaurativa situa-se como uma de suas conexões planetárias preferenciais ao complementar e ampliar o sistema penal formal e mostra sua flexibilidade punitiva ao implementar políticas sociais em escolas e comunidades. A pesquisa constatou a eficiência do PNUD em irradiar práticas penalizadoras operadas em nome da pretensa neutralidade do desenvolvimento humano, por meio da produção de condutas responsáveis e resilientes que sustentam a gestão compartilhada da miséria
Abstract: This research surveys the development of the fundamental concepts and guidelines of the United Nations Development Program (UNDP). Its creation dates back to a period of liberalism and expanding of international organizations, seeking for democratic peace, still under the effects of World War II. Its purposes are correlated to designs created after the Cold War, when security and development, which were based on anthropological concepts, begin to respond to the restructuring of the planetary governmentality. The Human Development Index (HDI), adopted by the UNDP since the 1990s, is an important tool in identifying and constructing the so-called vulnerabilities as threats both for local and global governments. The survey of the Conjunct Program “Segurança com Cidadania”, coordinated by the UNDP in a neighborhood of Vitória, Espírito Santo, Brazil, disclosure the operational model of the HDI, together with the so-called “segurança cidadã” specifically designed for Latin America, which was recently incorporated to the Sustainable Development Objectives (SDO). The Restorative Justice is considered a complementary planetary connection aiming to broaden the formal penal system, flexibilizing sentences and implementing social policies in schools and communities. The present study verified the UNDP's effectiveness in enforcing penal practices operated in the name of the alleged neutrality of human development throughout the manufacture of responsible and resilient conducts that underpins the management of collective misery
Palavras-chave: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
Justiça Restaurativa
United Nations Development Program (UNDP)
Human Development Index (HDI)
Restorative Justice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Wilke, Helena Cecília Barreto Bruno. Política e PNUD: resiliência, desenvolvimento humano e vulnerabilidades. 2017. 317 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19844
Data de defesa: 17-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helena Cecília Barreto Bruno Wilke.pdf4,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.