???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19715
Tipo do documento: Dissertação
Título: Negra devoção: leitura da cosmologia Bantu “escrita com a luz” nas festas de N. Sra. do Rosário e São Benedito
Título(s) alternativo(s): Reading of the Bantu cosmology written with light at the feasts of Our Lady of the Rosary and St. Benedict
Autor: Sá, Marco Antonio Fontes de 
Primeiro orientador: Brito, Enio José da Costa
Resumo: A devoção dos escravizados, no Brasil colônia, aos chamados santos negros, de modo especial N. Sra. do Rosário e São Benedito começou na África Central, de modo particular onde hoje estão o Congo e Angola, antes da chegada de Cabral ao que iria ser o Brasil. Diferentemente do que é frequentemente chamado de sincretismo e definido como uma simples substituição de ícones, o catolicismo que cresceu entre os que foram trazidos da África como escravos tinha uma origem muito mais complexa e elaborada. Foi esse catolicismo especial que se desdobrou nas festas em devoção aos mesmos santos que existem até hoje em todo o Brasil. Essa pesquisa pretende, através de uma leitura de fotografias obtidas ao longo de quase 10 anos, apontar elementos dessa cultura africana original, de povos que foram chamados de Bantu, mostrando como esses elementos continuam presentes até hoje. Estudos sobre essa religiosidade, cosmologia ou espiritualidade, qualquer que seja a preferência do leitor, foram feitas pontualmente, sempre focadas em uma comunidade ou cidade. A importância desse trabalho é trazer uma comparação dessas festas em várias regiões do Brasil e mostrar a presença Bantu em todas elas
Abstract: The devotion of those enslaved in Brazil to the so-called black saints, especially Our Lady of Rosary and Saint Benedict, began in Central Africa, particularly where Congo and Angola are today, before Cabral’s arrival to the land that would be Brazil. Unlike what is often called syncretism and defined as a simple replacement of icons, Catholicism that grew out of those brought from Africa as slaves had a much more complex and elaborated origin. It was this special Catholicism that unfolded in the feasts in devotion to the same saints that exist until today in all Brazil. This research intends, through a reading of photographs obtained over almost 10 years, to point out elements of this original African culture, of people that were called Bantu, showing how these elements are still present today. Studies on this religiosity, cosmology or spirituality, whatever the reader's preference, were made punctually, always focused on a community or city. The importance of this work is to bring a comparison of these parties in various regions of Brazil and to show Bantu presence in all of them
Palavras-chave: Bantos - Religião
Festa do Rosário
Catolicismo popular
Bantu
Feast of the Rosary
Popular Catholicism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Sá, Marco Antonio Fontes de. Negra devoção: leitura da cosmologia Bantu “escrita com a luz” nas festas de N. Sra. do Rosário e São Benedito. 2016. 153 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19715
Data de defesa: 2-Feb-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marco Antonio Fontes de Sá.pdf12,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.