???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19018
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cultura organizacional e estratégia competitiva: uma pesquisa no segmento bancário
Autor: Torretta, Ivan Luis Agnelli 
Primeiro orientador: Santos, Neusa Maria Bastos Fernandes
Resumo: estratégia competitiva adotada por uma grande instituição financeira do Sistema Financeiro Nacional que opera como conglomerado, com o objetivo de verificar a existência de relação entre as duas variáveis. O resultado da pesquisa reproduziu a hipótese de relacionamento proposta no referencial teórico utilizado, e apresentou o tipo cultural percebido como “hierárquico”, caracterizado por ser voltado ao ambiente interno, valorizar a estabilidade, forte monitoramento e controle interno. A estratégia competitiva percebida foi a “defensiva” caracterizada pelo conservadorismo, fortes mecanismos de controle e baixa exposição a riscos. O tipo cultural percebido como desejado foi o “grupal” caracterizado por valorizar os laços estabelecidos pelos seus integrantes e o trabalho em equipe que, de acordo com a proposta de associação do referencial teórico, corresponderia à estratégia reativa descrita na condição de ausência de estratégia, apenas com a promoção de ações de cunho estratégico nos casos da existência concreta de alguma ameaça de seus concorrentes. O referencial teórico para a verificação do tipo cultural percebido e desejado foi o modelo de Quinn e Rohrbaugh (1983) que permite um estudo comparativo cultural a partir dos principais valores que predominam na empresa. Para a análise da estratégia competitiva foi usado o modelo de Miles e Snow (2003) que a tipifica a estratégia competitiva em quatro configurações, de acordo com determinados comportamentos corporativos presentes na organização. Para relacionar a tipologia cultural com a estratégia competitiva mensurada, foi utilizada a associação proposta por Quinn e McGrath (1985) que relaciona estas duas propostas de tipologia cultural e estratégica utilizadas neste trabalho
Abstract: This dissertation investigated the current state of the organizational culture and style of competitive strategy adopted by a large financial institution in the national financial system that operates as a conglomerate, in order to verify the existence of relationship between the two variables. The survey results confirmed the relationship hypothesis proposed in the theoretical framework used, and presented the cultural type perceived as "hierarchical", characterized by being focused on the domestic environment, enhance the stability, strong monitoring and internal control. Perceived competitive strategy was "defensive" characterized by conservatism, strong control mechanisms and low risk exposure. Cultural type perceived to be desired was the "group" characterized by enhancing the ties established by its members and the teamwork that, according to the association proposed the theoretical framework, correspond to the reactive strategy outlined in the strategy of absence of condition only with promoting strategic nature of action in cases of concrete existence of any threat from its competitors. The theoretical framework for the verification of the perceived and desired cultural type was the model of Quinn and Rohrbaugh (1983) that allows a cultural comparative study from the core values that predominate in the company. For the analysis of competitive strategy was used Miles model and Snow (2003) that typifies the competitive strategy in four configurations, according to certain corporate behaviors present in the organization. To relate the cultural typology to competitive strategy measured, it used the association proposed by Quinn and McGrath (1985) that relates these two proposals for cultural and strategic typology used in this study
Palavras-chave: Cultura organizacional
Estratégia competitiva
Alinhamento Estratégico
Organizational culture
Competitive strategy
Strategic alignment
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Torretta, Ivan Luis Agnelli. Cultura organizacional e estratégia competitiva: uma pesquisa no segmento bancário. 2016. 136 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19018
Data de defesa: 27-Apr-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivan Luis Agnelli Torretta.pdf5,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.