???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19013
Tipo do documento: Tese
Título: Gerações em conflito: a juventude contemporânea entre o passado e o presente
Autor: Birolli, Maria Izabel de Azevedo Marques 
Primeiro orientador: Borelli, Silvia Helena Simões
Resumo: Essa tese é um estudo sobre a juventude atual, mais especificamente sobre a brecha geracional vivida pelos jovens, tendo como objeto de estudo as Jornadas de Junho de 2013, no Brasil. Minha hipótese é que as gerações de jovens que comandam as muitas manifestações nas ruas e nas redes digitais estão experimentando outro momento de “revolta”, mas que revela também alguns sinais de permanências das experiências políticas da geração dos anos 60, as quais retornam para os movimentos juvenis, onde muitas delas nasceram reatualizadas e reinterpretadas, como é o caso do ambientalismo, do feminismo, das lutas antirraciais e do problema da representação na política. As Jornadas de Junho de 2013 e seus desdobramentos foram também compreendidos como explosão de um ressentimento social, acumulados das frustrações das gerações passadas que deram origem recentemente a uma bipolarização no senso comum da política no Brasil. Essa bipolarização afeta também a juventude com sua presença marcante, senão definidora nos atuais conflitos nas redes, nas ruas e nos debates ideológicos recentes, apresentados na forma de dois tipos ideais: uma geração “neoconservadora” e outra “naturalista”
Abstract: The thesis is a study on the current youth, more specifically about the generational gap experienced by young people, with the object of study the Jornadas de Junho de 2013 (June 2013 Journey) in Brazil. My hypothesis is that the generations of young people who which command the many street manifestations and in digital networks are experiencing another moment of "revolt", but also reveals some signs of political experiences of the '60s generation, which return to the youth movements, where many of them were born update and reinterpreted, as is the case of environmentalism, feminism, the struggles against racism and the problem of representation in politics. The June 2013 Journey and its consequences were also understood as a social explosion of a social resentment, accumulated frustrations of past generations that gave rise recently to a polarization in the common sense of politics in Brazil. This polarization also affects youth with its striking presence, if no defining in today's conflicts in the networks, on the streets and in recent ideological debates, presented as two ideal types: a generation "neoconservative" and other "naturalistic"
Palavras-chave: Gerações
Movimentos da juventude
Manifestações
Generations
Youth movements
Manifestations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Birolli, Maria Izabel de Azevedo Marques. Gerações em conflito: a juventude contemporânea entre o passado e o presente. 2016. 144 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19013
Data de defesa: 15-Apr-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Izabel de Azevedo Marques Birolli.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.