???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18931
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vivências do luto no ambiente de trabalho por profissionais da região metropolitana de São Paulo
Título(s) alternativo(s): Grief experiences in the workplace by workers in the metropolitan region of São Paulo
Autor: Marras, Cibele Martins de Oliveira 
Primeiro orientador: Franco, Maria Helena Pereira
Resumo: O luto é uma experiência humana desencadeada após a perda de uma pessoa significativa. Ele adentra o ambiente de trabalho, apesar de empresas e trabalhadores buscarem afastar emoções deste local. A presente pesquisa teve como objetivo compreender a vivência do luto em profissionais neste ambiente através da avaliação de sintomas e reações esperadas após uma perda de um ente querido. O método utilizado foi pesquisa mista, com análise quantitativa e qualitativa. A coleta de dados foi divulgada por bola de neve e feita por questionário on-line. Participaram 34 enlutados residentes na região metropolitana de São Paulo e que trabalhavam no momento da perda. Os dados dos sintomas e reações foram divididos em categorias e classificados segundo seus efeitos no desempenho do profissional. As áreas física e psicossomática, emocional, relacional, cognitiva e relacionada ao trabalho apresentaram maior frequência de efeitos negativos. As áreas espiritualidade e resiliência tiveram mais efeitos positivos. Foi realizado agrupamento por clusters da amostra, que resultou em 3 grupos, com as seguintes características: grupo 1 não apresentavam efeitos dos sintomas, grupo 2 referiam efeitos negativos sobre o desempenho laboral e o grupo 3 não apresentavam os sintomas pesquisados. A questão do gênero mostrou ter influência nas respostas, sendo que as mulheres referem mais sintomas negativos do que os homens. Na análise qualitativa o trabalho foi avaliado como tendo efeitos positivos no processo de luto e sendo um recurso de enfrentamento quando a empresa é flexível e quando há suporte social. É negativo quando o enlutado sente-se ameaçado por seu baixo rendimento e pelo não reconhecimento do luto. O enlutado, ao se referir a experiência do luto no trabalho, relata dificuldade de estar presente, o adoecimento físico advindo da perda, descontrole emocional e perdas secundárias. Demonstra que esse processo também favorece revisão de escolhas pessoais e que a presença de suporte especializado auxilia o processo
Abstract: Grief is a human experience after the loss of a significant person. It enters the workplace, although companies and workers try to avoid it. This study aimed to comprehend the experience of grief in workers in the workplace through the evaluation of expected symptoms and reactions after the loss of a loved one. The method used was of a midst research with quantitative and qualitative analyses. The data basis was collected by internet by an on-line questionnaire. Thirty-four bereaved people of the metropolitan region of São Paulo that were working in the period of the death of their loved ones attended the research. The symptoms and reactions were divided in categories and classified by their effects in the performance of the worker. The physical and psychosomatic, emotional, relationship, cognitive and work related areas had more frequency of negative effects. Spiritual and resilient areas had more positive effects. A grouping of the sample was done by clusters, and divided them in 3 groups. Group 1 do not have effects of the symptoms, group 2 had the negative effects, and group 3 do not have the symptoms and had more positive effects of spiritual and resilient areas. Gender had influence in the answers; women reported more negative effects than men. In the qualitative analyses, work was positive and had a coping factor when the company is flexible and when provides social support to the bereaved worker. It has negative effect when the worker is threatened by his low performance and when do not recognize the loss and the bereaved. About the experience of the grief, the bereaved refers difficulty of being present, illness after the loss, lack of emotional control and the secondary losses. But they too refer review of life choices and the help of specialized support of doctors and psychologists
Palavras-chave: Luto
Trabalho
Ambiente de trabalho
Grief
Bereavement
Work
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Marras, Cibele Martins de Oliveira. Vivências do luto no ambiente de trabalho por profissionais da região metropolitana de São Paulo. 2016. 127 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia: Psicologia Clínica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18931
Data de defesa: 1-Apr-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cibele Martins de OLiveira Marras.pdf2,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.