???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18040
Tipo do documento: Dissertação
Título: Desenvolvimento local: fundamentos para uma crítica marxista
Título(s) alternativo(s): Local development: fundamentals for a marxist critique
Autor: Almeida, Fernanda Araujo de 
Primeiro orientador: Barroco, Maria Lucia Silva
Resumo: A presente pesquisa busca apresentar um conjunto de reflexões para subsidiar um debate crítico sobre o Desenvolvimento Local. Partimos da compreensão de que o Desenvolvimento Local é mais uma das expressões construídas pelo capitalismo como resposta teórico-social e ideo-política para suas crises agravadas pela reestruturação produtiva, pós anos 1970 em todo o mundo. Assim, o Desenvolvimento Local vem para atender aos interesses neoliberais. Posto de outra forma, o Desenvolvimento Local se torna funcional às respostas do neoliberalismo e atende as necessidades da reestruturação do capital em sua fase mundializada. Para tal, construímos duas tendências provisórias de análise que expressam a disputa de significados no campo do Desenvolvimento Local. A primeira tendência que denominamos Campo Hegemônico: Neoconservadorismo Pós-moderno pode ser tomada como aquela construída e defendida pela ONU e posteriormente adensada nas concepções das instituições e agências multilaterais através do financiamento de programas e projetos. Utilizamos como referência para análise da presente tendência as concepções da metodologia DLIS, discurso que foi dominante na inserção do Desenvolvimento Local no Brasil através de Augusto de Franco. Dessa forma, pretendemos problematizar a presente tendência, centrando o debate nos elementos teóricos que fundamentam os direitos sociais e a responsabilidade do Estado no enfrentamento da Questão Social e suas expressões tão largamente intensificadas e consubstanciadas nos novos paradigmas expressos nas formulações do mundo contemporâneo alicerçado no ideário neoliberal e pós-moderno. A segunda tendência por nós identificada compreende o debate e as ações políticas presentes no bojo das Lutas Sociais no Campo Contra-hegemônico em oposição ao neoliberalismo, tendo como expressão significativa o Fórum Social Mundial. Dessa maneira, o campo de pesquisa compreendeu a análise documental dos relatórios de pesquisa produzidos pelo NEPEDH, análise dos documentos publicados no site oficial do FSM, artigos de revistas e livros sobre o tema, além do relatório da pesquisa realizada por nós em Portugal
Abstract: This research seeks to present a set of ideas to foster a critical debate on the Local Development. We start with the understanding that the Local Development is another of the expressions constructed by capitalism as a social-theoretical and ideo-political answer to their crises - exacerbated by the restructuring of production, post-1970s around the world. Thus, the Local Development is to serve the interests of neoliberalism. Put another way, the Local Development becomes functional responses of neoliberalism and meets the needs of the restructuration of capital in its phase globalized. To this end, we built two temporary trends of analysis that express the struggle for meaning in the field of Local Development. The first trend we call Field Hegemonic: Neoconservatism Postmodern can be taken as that built and defended by the UN and subsequently condensed in the concepts of institutions and multilateral agencies through the funding of programs and projects. Used as reference for analysis of this trend DLIS conceptions of methodology, discourse that was dominant in the insertion of Local Development in Brazil by Augusto de Franco. Thus, we intend to confront this trend by focusing the discussion on the theoretical elements that underlie the social rights and state responsibility in facing the Social Issue and their expressions so far stepped up and embodied in the new paradigms expressed in the formulations of the contemporary world grounded in neoliberal and postmodern ideas. The second trend identified by us involves the debate and policy actions present in the midst of the "Social Struggles" in the field of counter-hegemonic opposition to neoliberalism, with significant expression as the World Social Forum. Thus, the field of research included the documentary analysis of research reports produced by NEPEDH, analysis of documents published on the official website of the WSF, magazine articles and books on the subject, besides the report of research conducted by us in Portugal
Palavras-chave: Desenvolvimento local
Neoconservadorismo
Local development
Neoconservatism
World Social Forum
Forum Social Mundial
Comunidade -- Desenvolvimento
Conservadorismo
Desenvolvimento economico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Almeida, Fernanda Araujo de. Local development: fundamentals for a marxist critique. 2010. 166 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18040
Data de defesa: 18-Jun-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Araujo de Almeida.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.