???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15816
Tipo do documento: Tese
Título: Negritude e sofrimento psíquico
Autor: Reis Filho, José Tiago dos 
Primeiro orientador: Berlinck, Manoel Tosta
Resumo: A questão dos negros no Brasil é aqui discutida como sintoma social e individual, que traz, para o sujeito que porta o atributo cor negra, um sofrimento psíquico. A partir dos pressupostos da psicopatologia fundamental, como uma proposta de leitura das crises psíquicas, que ocorrem diante de um excesso, e do conceito de analista cidadão, ou seja, deste psicanalista que se insere na sociedade e nela intervém com o seu dizer, apontando para desmontar as ficções e possibilitar aos sujeitos o desprendimento das fixões. Importante aqui é o conceito de escravo psíquico, articulado ao de escravo social, para pensar os traços do escravismo presentes em nossa sociedade e nos sujeitos negros que sofrem de sua negritude. Possuindo um passado escravista, este país ainda vive, em seu cotidiano, situações de preconceito, discriminação e racismo, claramente expressos nas condições materiais de vida da grande maioria dos negros, mas também nas vivências marcadas, muitas vezes, por um assujeitamento a padrões estéticos e ao comportamento permanecendo como uma ferida narcísica. Da possibilidade de cura desta ferida e da travessia deste fantasma, sob a ótica da psicanálise, é do que trata este estudo
Abstract: The question of black people in Brazil, is discussed here as a social and individual symptom which brings psychic suffering to black individuals. This discussion is based on the premises of fundamental psychopathology as a proposition of interpretation of the psychic crisis which occur in face of an excess and on the concept of the citizen analyst, that is to say, of this psychoanalyst who inserts himself in society and acts through his speech, which points out fictions to be dismantled and enables individuals to get rid of fixations. The concept of the psychic slave, articulated with the one of the social slave, is very important when we consider the signs of slavery, which are present in our society and in black individuals who suffer from their negritude. Having a past of slavery, this country still lives, in everyday life, situations of prejudice, discrimination and racism, which are clearly expressed in the material conditions of most black people, but also in experiences which are often marked by subjugation to standards of aesthetics and behavior remaining as a narcissistic wound. This study deals with the possibility of healing this wound and walking through this ghost from the point of view of psychoanalysis
Palavras-chave: Negritude
Sofrimento
Racismo
Psicanalise
Negros -- Aspectos psicológicos -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Reis Filho, José Tiago dos. Negritude e sofrimento psíquico. 2005. 142 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15816
Data de defesa: 15-Jun-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jose Tiago dos Reis Filho.pdf795,97 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.