???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15609
Tipo do documento: Tese
Título: Síndrome de Cotard: uma investigação psicanalítica
Autor: Malucelli, Dayse Stoklos 
Primeiro orientador: Berlinck, Manoel Tosta
Resumo: Esta tese, constituída no Núcleo de Psicanálise do Laboratório de Psicopatologia Fundamental da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, tem por objeto de pesquisa a retomada de um tipo de delírio, o de negações, também conhecido como Síndrome de Cotard, e destaca a sintomatologia presente na maioria das melancolias e esquizofrenias. Por sua complexidade, nesse vasto campo o qual apenas se roça de leve, as referências existentes podem levar a caminhos sinuosos. Para não se afastar da bússola da Universidade, recorta-se então alguns aspectos, segundo a teoria que sustenta este percurso. Relata-se um caso clínico compatível com a Síndrome de Cotard, assim nomeada em homenagem ao médico francês Jules Cotard, do século 19. Dos relatos de Cotard, acerca de seus pacientes no Hospital Salpetriére, faz-se uma aproximação com o que ainda ocorre, visto que apesar de tantos medicamentos de ponta, ainda não se alcança que logrem ultrapassar a doença e o doente. O delírio das negações tem uma história na Psiquiatria, especialmente a francesa do século 19, e inclui do trabalho de Jules Cotard seus cinco breves, densos e carregados casos clínicos ilustrativos e pontuais. Isto se repete nos alienistas contemporâneos do mesmo porte, como Seglas, Camuset, Régis, Nina-Rodrigues. Descreve-se as principais manifestações da síndrome como a micromania, macromania, a esferecidade sem aderências do seu corpo, a fase do espelho e suas peculiaridades em Cotard. Também se aborda o conceito de hipocondria, por ser manifestação recorrente e pano de fundo para outras manifestações que se superpõem. A tristeza que se observa no melancólico de Cotard faz pertinentes e significativas as observações de Dante, do padre Antonio Vieira, porque a melancolia não exclui nem se mistura à tristeza. Alguns exemplos da literatura confirmam o pensamento de Freud, de que os poetas e escritores sabem mais dos males da alma do que os psicanalistas. Neste trabalho, também se percorre autores clássicos até Freud e Lacan e alguns seus sucedâneos. Finalmente, tenta-se dizer da cronicidade deste tipo de síndrome e o que se coloca como possível na escuta clínica da psicanálise, e que derruba o ideal do furor curandis porque o tempo todo o cotardizado dirá que não é isto. Sua negação, porém, poderia ensejar uma outra negação: a de que o assunto esteja encerrado. Como ocorre em outras áreas, em que se buscam alternativas para os grandes males da humanidade, talvez reste como desafio um horizonte com novos pontos de vista a serem constituídos por parte dos que se interessam por esta difícil e, tanto quanto, instigante clínica
Abstract: The scope of this study developed at the Núcleo de Psicanálise do Laboratório de Psicopatologia Fundamental da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Psychoanalysis Center of the Psychopathology Laboratory at the Catholic University of São Paulo) is the review of a certain type of delirium, the negation delirium, also known as Syndrome of Cotard and it emphasizes the symptomatology that is present in most melancholies and schizophrenias. The references found in this field may lead to sinuous ways, because of its only slightly approached complexity. In order not to withdraw from the University compass, some aspects were trimmed according to the theory sustaining this process. There is a clinical case reported that is compatible to the Syndrome of Cotard - this name given in honor of the nineteen century French doctor Jules Cotard. From Cotard s reports on his patients at the Hôpital Salpêtrière, it is possible to approach the current events, once in spite of the latter numerous medications, the patients recovering and the outreaching of the disease are not yet achieved. The negation deliria have a history in Psychiatry, in particular the XIX century French history and include the work of Jules Cotard, his five short, dense and heavy clinical cases that are illustrative and punctual. This situation is repeated for his contemporary alienists of the same level, such as Seglas, Camuset, Régis, and Nina-Rodrigues. This work describes the main manifestations of the syndrome, such as micromania, macromania, no adherence body sphericity, the mirror stage and their peculiarities in Cotard. It also approaches the concept of hypochondria, a recurring manifestation and background to other superposed manifestations. The sadness observed in Cotard s melancholic individuals shows to be pertinent and significant the reports by Dante and father Antonio Vieira, for melancholia does not include nor mixes with sadness. Some of literature examples confirm Freud s thought on poets and writers, who know more about the soul s pains than psychoanalysts do. In this work, classical authors like Freud and Lacan and some of their successors are examined. Furthermore, the chronicity of this type of syndrome is analyzed that makes it possible to the clinical hearing in psychoanalysis, and overthrows the ideal of furor curandis, once the individual who is analyzed under Cotard will always say this is not the case. His denial, however, would allow another negation: the closure of the issue. As in other areas where the alternatives for the great evils in humanity are searched, a new horizon may leave a challenge with new points of view to be established by those who are interested in this difficult but instigating clinical issue
Palavras-chave: Síndrome de Cotard
Delírio das negações
Melancolia
Syndrome of Cotard
Negations delirium
Melancholy
Psychoanalysis
Hypocondria
Delirio
Hipocondria
Psicoses
Psicanalise
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Malucelli, Dayse Stoklos. Síndrome de Cotard: uma investigação psicanalítica. 2007. 183 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15609
Data de defesa: 22-Aug-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dayse Stoklos Malucelli.pdf478,66 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.