???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15430
Tipo do documento: Tese
Título: Necessidades e conflitos emocionais de adolescentes mães abrigadas nos períodos pré e pós-nascimento, sob o olhar da teoria de D.W.Winnicott
Autor: Affonso, Claudinei 
Primeiro orientador: Naffah Neto, Alfredo
Resumo: Este estudo teve como objetivo investigar a percepção das adolescentes mães abrigadas sobre os períodos pré e pós-nascimento de seus bebês. A fundamentação teórica de D.W.Winnicott foi utilizada para reconhecer as necessidades e os conflitos emocionais vividos nesses períodos. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas, individuais, a partir de um roteiro adaptado; a análise centrou-se nos conflitos emocionais compartilhados, que foram associados à teoria do amadurecimento emocional. Devido à complexidade de fatores que envolvem a gestação na adolescência, o holding do ambiente se apresentou como fator primordial, devendo este estar preparado para compreender atitudes defensivas provenientes dos conflitos familiares e situações de vida marcadas pelo desamparo. Foram identificadas organizações defensivas nas jovens, como: falso-self, tendência antissocial, assim como estados de depressão e dissociação. Compreender esses mecanismos contribui na promoção das condições necessárias para que possam amadurecer emocionalmente e, consequentemente, na qualidade da relação mãe-bebê. Os profissionais que atuam com estas jovens necessitam de qualificação para sustentar conflitos, podendo assim minimizar os desgastes emocionais provocados pela responsabilidade que assumem. É fundamental que contem com a presença de supervisores que auxiliem na elaboração das tensões emocionais criadas no contexto de abrigamento, pois estas podem resultar em limitações na atuação profissional. O abrigo pode ser um espaço decisivo para diagnosticar e amparar o adoecimento emocional, cuidar das adolescentes grávidas e mães de maneira especial e diferenciada, através de ações pontuais que priorizem a sustentação dos estados de regressão, de dependência e das angústias provenientes desse período. As ações, pautadas na prevenção, devem reconhecer a importância do cuidado na maternidade, sem desconsiderar as necessidades pessoais das adolescentes, para que se evitem traumas desnecessários ao longo do processo de amadurecimento emocional de seus bebês
Abstract: This study aimed to verify the perception of adolescent mothers sheltered during the pre- and post-birth of their babies and used the theoretical foundation of D.W.Winnicott to recognize the emotional needs conflicts of adolescents in these periods. Individuals interviews were conducted using as a support an adapted screenplay refering to those periods; the interviews were analyzed and the emotional conflicts were associated with the theory of emotional maturation. The holding was considered the key factor to deal with the complexity of conflicts involved in that period. The environment should be prepared to understand defensive attitudes deriving from family conflicts and situations of life marked by helplessness. Some defensive mechanisms were identified as false-self, antisocial tendency, as well as depression and dissociation states. The understanding of these mechanisms contributes to change the way to host adolescents and promote the conditions to their emottional maturing. Ensure the health of mothers and their babies and, contribute to the quality of the mother-infant relationship and prevent actions that cause trauma. Professionals working in this area need skills on issues involving the emotional maturity; so they can minimize the emotional tension caused by the responsibility assumed by them. Adolescents seek rapid growth, if they are impulsed to it, the result will be a false maturity and the impossibility of experiencing the immaturity of adolescence. Thus, they disregard the immaturity of their actions, their emotional dependence and the personal and social impediments involving the care of a baby. It is essential, the presence of supervisors to assist in the elaboration of emotional tensions created in this context, as these may result in limitations on professional performance. The shelter can be a decisive space to diagnose and support the emotional illness, to care for pregnant teenagers and to the young mothers in a special and differentiated way, through specific actions that prioritize the support of regression states, dependency and anguish from that period. Actions based on prevention, recognizing the importance of maternity care, without disregarding the personal needs of adolescents, in order to avoid unnecessary trauma over emotional maturation process of their babies are required
Palavras-chave: D.W.Winnicott
Amadurecimento emocional
Gravidez
Adolescentes
Abrigo
Emotional maturity
Pregnancy
Teenagers
Shelter
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Affonso, Claudinei. Necessidades e conflitos emocionais de adolescentes mães abrigadas nos períodos pré e pós-nascimento, sob o olhar da teoria de D.W.Winnicott. 2015. 250 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15430
Data de defesa: 21-Aug-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Claudinei Affonso.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.