???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15353
Tipo do documento: Tese
Título: Dúvida e culpa: um estudo sobre a problemática identificatória em um caso de neurose obsessiva
Título(s) alternativo(s): Doubt and guilt: a study on the identificatory problematic in a case of obsessional neurosis
Autor: Scatolin, Henrique Guilherme 
Primeiro orientador: Mezan, Renato
Resumo: O presente estudo procurou investigar a problemática identificatória em um caso de neurose obsessiva. Para tal, buscou alicerçar tal análise a partir de quatro pilares centrais: a resolução edipiana dos pais do paciente Paulo, a sua história libidinal e identificatória, a incorporação do pênis sádico e a identificação ao superego. A metodologia deste estudo fundamenta-se na teoria psicanalítica freudiana sobre a neurose obsessiva, nas contribuições de Piera Aulagnier à metapsicologia e psicopatologia freudiana, como também na leitura de psicanalistas pós-freudianos sobre esta neurose e suas manifestações contemporâneas, tal como Lacan, Green, Bleichmar, Calligaris e Leclaire. Ao longo dos resultados, construo as minhas teorizações flutuantes, dando ênfase aos relatos e associações deste paciente. Ao ouvir a sua história foi possível compreender a presença do desejo dos seus pais desde o seu nascimento, ressaltando como a função paterna, ao lado da materna, esteve presente, desde sempre, em sua constituição. No decorrer desta análise, realço como que a agressividade e o ódio direcionados ao pai, que também resguardavam os impulsos passivos frente ao mesmo, intensificaram-se ao longo da sua constituição psíquica, sendo recalcados após a assunção da castração. Estes movimentos ambivalentes tornaram-se explícitos em suas formações sintomáticas, resplandecendo a sua problemática identificatória. Se, de um lado, ao longo da psicoterapia, a positividade foi ganhando espaço, dando um novo destino as suas pulsões e aos seus referenciais identificatórios, de outro, tal caminho foi alcançado devido às intervenções psicoterapêuticas focadas nas manifestações do ódio inconsciente e das pulsões destrutivas que residiam nos meandros das suas culpas, dúvidas e rituais (e que alimentavam as suas resistências e paralisações no setting clínico), denotando que, em sua problemática identificatória, a sua dívida ao pai era da ordem do seu próprio desejo. Este estudo conclui que os quatro pilares centrais são de extrema relevância para a elucidação da problemática identificatória nos casos de neurose obsessiva, tornando-se intercambiáveis ao nortear o olhar do futuro analista quando este se deparar com as manifestações clínicas típicas desta neurose
Abstract: This study investigated the identificatory problematic in a case of obsessional neurosis. Thus, this analysis was based on four central pillars: the Oedipal resolution of patient Paul's parents, his libidinal and identificatory history, the incorporation of the sadistic penis and identification with the superego. The methodology of this study is based on the Freudian psychoanalytic theory of obsessional neurosis, the contributions of Piera Aulagnier to the Freudian metapsychology and psychopathology, as well as the reading of post-Freudian psychoanalysts about this neurosis and its contemporary manifestations, such as Lacan, Green, Bleichmar, Calligaris and Leclaire. Throughout the results, I have produced my floating theorisation, emphasizing the patient s reports and associations. Upon hearing his story, it was possible to understand the presence of his parents desire since his birth, underlining how the paternal function, next to the maternal, was always present in his constitution. Throughout this analysis, I have highlighted how aggression and hatred pointed toward his father, which also hold passive impulses towards him, have intensified throughout his psychic constitution, being repressed after the assumption of castration. These ambivalent movements became explicit in his symptomatic formations, manifesting his identificatory problematic. If, on the one side, along the psychotherapy, the positivity was gaining ground, giving a new destiny to his feelings and identificatory references, on the other side, such way has been achieved due to psychotherapeutic interventions focused on manifestations of the unconscious hatred and destructive feelings located in the intrincacies of his guilts, doubts and rituals (and that fed his resistances and paralyzations in the clinical setting), denoting that in his identificatory problematic, his debt towards his father was of the order of his own desire. This study concludes that the four central pillars are very important for elucidating the identificatory problematic in cases of obsessional neurosis, becoming interchangeable to guide the future analyst s look when he comes across the typical clinical manifestations of this neurosis
Palavras-chave: Problemática identificatória
Identificação ao superego
Pênis sádico
Pulsão de morte
Ritual obsessivo
Identificatory problematic
Identification with the superego
Sadistic penis
Death feeling
Obsessive ritual
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Scatolin, Henrique Guilherme. Doubt and guilt: a study on the identificatory problematic in a case of obsessional neurosis. 2014. 341 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15353
Data de defesa: 27-Jun-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Henrique Guilherme Scatolin.pdf2,22 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.