???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15271
Tipo do documento: Tese
Título: Psicoterapia psicodramática com crianças: uma proposta socionômica
Autor: Filipini, Rosalba 
Primeiro orientador: Souza, Rosane Mantilla de
Resumo: Trata-se de um trabalho teórico de análise dos fundamentos do Psicodrama com crianças. Sendo um trabalho conceitual e focado em uma modalidade específica do psicodrama, foram consultadas as produções literárias da área e analisada a prática psicodramática com crianças. O objetivo foi discutir a estrutura e prática da psicoterapia psicodramática com crianças, analisando como os autores têm realizado essa modalidade de trabalho, em que aspectos há concordância e/ou divergência e qual o alcance, limites e especificidades diante da proposta de psicoterapia psicodramática criada por J. L. Moreno. A reflexão sobre a teoria e a prática clínica infantil pode contribuir com a comunidade científica, clínica e acadêmica, propiciando subsídios sobre a prática profissional. A análie evidenciou que há uma divisão entre os psicodramatistas que trabalham com crianças: os que buscam outros referenciais teóricos e os que consideram que a teoria socionômica tem uma estrutura teórica e prática que fundamentam o trabalho psicoterápico. Há unanimidade em conceber que crianças pré-escolares não invertem papéis; que as escolares necessitam de maior aquecimento para a ação dramática, tal como na psicoterapia com adultos, bem como se beneficiam das técnicas psicodramáticas. A técnica do duplo-espelho é uma proposta da autora, a qual é possibilitada quando o contrapapel exercido pelo psicoterapeuta tem simetria com o papel exercido pela criança. A psicoterapia busca a realização de um projeto dramático que é coconstruído entre criança e psicoterapeuta. O compartilhar é entendido como uma etapa existente e importante no processo psicoterápico delas. Por meio da discussão da prática da psicoterapia psicodramática com crianças, considerou-se que a teoria da espontaneidade e criatividade, a sociometria, a teoria de papéis e a teoria do momento, oferecem subsídios para a ação dramática e para a compreensão do processo psicoterápico da criança
Abstract: This is a theoretical analysis of the fundamentals of Psychodrama with children. Being a conceptual work and focused on a specific form of psychodrama, literary production in this field was consulted and the practice in psychotherapy with children was analyzed. The goal was to discuss the structure and practice of psychodramatic psychotherapy with children, analyzing how the authors have been performing this type of work, in which aspects there is agreement and / or disagreement and the range, limits and specifics facing the proposed psychodramatic psychotherapy created by J. L. Moreno. The reflection on theory and infant clinical practice can contribute to the scientific, clinical and academic community, providing subsidies on professional practice. The analysis revealed that there is a division between psychodramatists working with children: those who seek other theoretical references and those who believe that the socionomics theory has a theoretical and practical framework underlying the psychotherapeutic work. There is unanimity in conceiving that preschoolers do not reverse roles: that the students need greater warming for dramatic action, as in psychotherapy with adults, as well as they benefit from psychodrama techniques.The technique of double-mirroring is an authors proposal, which is made possible when the counter-role played by the psychotherapist has symmetry with the role played by the child. Psychotherapy seeks the realization of a dramatic project that is co-built between child and psychotherapist. Sharing is understood as an existing and important stage in their psychotherapeutic process. Through discussion of the practice of psychodramatic psychotherapy with children, it was considered that the theory of spontaneity and creativity, sociometry, the role theory and the theory of the moment, offer subsidies to dramatic action and to the understanding of the process of child psychotherapy
Palavras-chave: Psicoterapia com crianças
Psicodrama
Socionomia
Child psychotherapy
Psychodrama
Socionomy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Filipini, Rosalba. Psicoterapia psicodramática com crianças: uma proposta socionômica. 2013. 193 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15271
Data de defesa: 17-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosalba Filipini.pdf1,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.