???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15263
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo de crescimento em Gestalt - terapia: um diálogo com a teoria do amadurecimento de D. W. Winnicott
Autor: Poppa, Carla Cristina 
Primeiro orientador: Kahhale, Edna Maria Severino Peters
Resumo: Apesar de ser um tema bastante discutido entre os autores da Gestalt terapia, o conhecimento acumulado sobre o processo de crescimento ainda não é o suficiente para sustentar o raciocínio clinico dos Gestalt terapeutas tanto de crianças quanto de adultos. Pensando em contribuir para o processo de construção de conhecimento dentro dessa abordagem, esse trabalho tem como objetivo descrever o modo gestaltico de conceber o processo de crescimento e os cuidados necessários para satisfazer as necessidades relacionadas ao período inicial da vida. Esse objetivo pretende ser alcançado por meio do estabelecimento de um diálogo com a teoria do amadurecimento de D. W. Winnicott. Para tanto, o trabalho apresenta os pressupostos filosóficos, os principais conceitos da Gestalt terapia e o processo de desenvolvimento infantil sob o ponto de vista dessa abordagem. A teoria do amadurecimento também é apresentada, bem como as aproximações entre as duas abordagens e os distanciamentos. O diálogo conduzido pela teoria do amadurecimento permitiu identificar os cuidados que satisfazem as necessidades constitutivas do self. Os cuidados levantados são: satisfação das necessidades, confirmação das necessidades corporais, satisfação das necessidades de maneira afetiva e consistente, oferta de oportunidade para o bebê percorrer seus ciclos de contato com autonomia, objeto ou pessoa que exerça a função paradoxal, oferta de limites e confrontos, acolhimento da vulnerabilidade, oportunidades de consertar possíveis estragos. E as necessidades constitutivas do self, as quais esse trabalho propõe que sejam denominadas como necessidades primordiais ou fundamentais são: experiências sensoriais dos ciclos de contato, integração psicossomática, experiência de retração em companhia, autonomia para percorrer os ciclos de contato, abertura para a brincadeira e para o inter-humano, constituição da fronteira de contato, desenvolvimento da capacidade de realizar ajustamentos criativos, expressão da singularidade e apropriação da agressividade
Abstract: Despite being a widely discussed topic among authors of Gestalt - therapy, the accumulated knowledge about the process of growth is not enough to sustain the clinical reasoning of Gestalt - therapists both children and adults. Thinking of contributing to the process of knowledge construction within this approach, this study aims to describe the gestalt mode of conceiving the growth process and care necessary to meet the needs related to the early period of life. This goal aims to be achieved through the establishment of a dialogue with the theory of maturation of D. W. Winnicott. Therefore, this work presents the philosophical assumptions, key concepts of Gestalt - therapy and child development process from the point of view of this approach. The theory of maturation is also presented as well as the similarities between the two approaches and the distances. The dialogue driven by the theory of maturation identified care that meet the needs of constituent self. The care raised are: satisfaction of needs, confirmation of bodily needs, satisfaction of needs in an affective and consistent way, offering opportunity for the baby to go through their contact cycles in a autonomous way, object or person exercising the paradoxical function, limits and confrontations, host vulnerability, opportunities to repair possible damage. And the needs constitutive of the self, which this study suggests that may be termed as primary or basic needs are: sensory experiences of contact cycles, psychosomatic integration, experience rest accompanied, autonomy to move through contact cycles, opening for play and for interhuman, constitution of the contact boundary, development of the capacity to make creative adjustments, expression of singularity and appropriation of aggression
Palavras-chave: Gestalt - terapia
Processo de crescimento
Autosuporte
Heterosuporte
Cuidados
Gestalt therapy
Growth process
Self-support
Environmental support
Care
Self
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Poppa, Carla Cristina. O processo de crescimento em Gestalt - terapia: um diálogo com a teoria do amadurecimento de D. W. Winnicott. 2013. 120 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15263
Data de defesa: 10-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla Cristina Poppa.pdf756,26 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.