???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15198
Tipo do documento: Dissertação
Título: Anatomia de um litígio amigável
Autor: Vainer, Ricardo
Primeiro orientador: Franco, Maria Helena Pereira
Resumo: Neste trabalho, fundamentando-nos numa perspectiva sistêmica da família e dos casais, investigamos as separações e divórcios litigiosos ditos difíceis - que tiveram lugar no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e sua interface psicossocial em suas múltiplas facetas, resultantes dos diversos níveis de interação entre a justiça, os setores` psicológico e de serviço social do Tribunal, casais, famílias, advogados e sociedade. Definimos como difíceis as separações e divórcios que permanecem em conflito de um a quinze anos, no poder Judiciário, sem que seja encontrada uma solução consensual e definitiva. Baseamo-nos no conceito teórico de colusão, de Jürg Willi, como modelo de entendimento dos conflitos do casal dentro e fora do âmbito judiciário. A revisão da literatura indicou soluções desenvolvidas em outros países na lida com o divórcio difícil e que podem servir de modelo inspirativo para que encontremos nossas próprias respostas. Foram estudados e analisados 11 laudos periciais, solicitados pelo Juízo e efetuados pelo setor de Serviço Social do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, atribuindo-se a cada um o diagnóstico da colusão envolvida, assim como a dinâmica sistêmica relacionada a todas as instâncias que fazem interface com o processo como um todo. Um estudo dos setores técnicos do Tribunal, a partir de entrevistas diretas com psicólogos e assistentes sociais, possibilitou uma análise de tais setores e de seus profissionais, tanto em sua atuação direta e pericial como nas repercussões da prática adotada e na eficiência ou não dos resultados obtidas. Avaliamos a ressonância subjetiva e os conflitos dos papéis de perito do Juízo e de psicólogos e assistentes sociais enquanto peritos. Levantamos a questão de não estarmos atendendo satisfatoriamente aos feridos das separações difíceis e fazemos sugestões, a partir dos resultados obtidas com este trabalho
Abstract: A systemic perspective of families and couples served the basis for the investigation of the so-called litigant separations and divorces which are presented in this paper and that have taken place in the São Paulo State Court of Justice and its interaction with several social and psychological aspects, which are consequences of several interaction levels within justice court's, the psychological and social work departments, couples, families, lawyers and the society in general. We will define as "difficult" separations and divorces which remain unresolved - from one to fifteen years - in the court of justice, without encoutering a definite and consensuos solution. We base our work in Jürg Willi de "Collusion's" theorical concept as a model for the comprehension of the conflicts of the couple within and around legal matters. Literature review has indicated that some solutions have been developed in other countries in dealing with difficult divorces and that might serve as inspiration models in order to find our own answers. Eleven reports were studied and analysed and were requested by the judge and manufactured through the Social Service Department of the São Paulo State Law Courts - to each one of them a diagnosis of the collusion in case was given as well as related systemic dinamics to all instances that participate in the process as a whole. A study of the Court's technical departments, through direct interviews with psychologists and social workers, has enabled an analysis of of these departments and of the professionals involved, both in its direct and expertise acting as well as in this practice's repercussions in its efficacy or not for the results obtained. We have evaluated, the subjective echoing and the judgement expert's role conflicts and of psychologists and social workers as experts. We also raise the question of not satisfactorily healing the wounded ones who result from difficult separations and give suggestions through the data obtained with this monography
Palavras-chave: Divórcio litigioso
Tribunal de justiça
Casal
Separação
Psicodinâmica
Casamento
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Vainer, Ricardo. Anatomia de um litígio amigável. 1997. 214 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15198
Data de defesa: 30-Nov-1997
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ricardo Vainer.pdf12,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.