???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13390
Tipo do documento: Dissertação
Título: Nina Rodrigues: as relações entre mestiçagem e eugenia na formação do povo brasileiro
Autor: Neves, Márcia das 
Primeiro orientador: Martins, Lilian Al-Chueyr Pereira
Resumo: O objetivo desta dissertação é estudar as idéias do médico brasileiro Raimundo Nina Rodrigues sobre raça e o papel da mestiçagem na formação do povo brasileiro, procurando verificar até que ponto elas estavam bem fundamentadas nos conhecimentos científicos da época. Esta dissertação contém uma introdução e quatro capítulos. O primeiro capítulo descreve o contexto histórico, social e científico da época e as contribuições deste autor. O segundo capítulo apresenta a concepção de Nina Rodrigues em relação à raça, comparando-a às concepções adotadas por outros autores na época. O terceiro capítulo discute o posicionamento adotado por Nina Rodrigues em relação ao papel da mestiçagem na formação do povo brasileiro. O quarto capítulo procura responder às perguntas colocadas inicialmente, apresentando algumas considerações finais sobre esta pesquisa. Nina Rodrigues adotava uma classificação diferente das raças (branca, negra e vermelha) em relação à que era adotada nos trabalhos médicos da época (branca, parda e preta). Ele considerava que algumas raças eram inferiores às outras, e que o mesmo ocorria com os mestiços entre elas. No que se refere à mestiçagem, ele a via como algo prejudicial, exceto se propiciasse o retorno das características da raça pura (branca). Nas diferentes obras que publicou no decorrer do tempo, ele não amenizou sua posição em relação ao papel da mestiçagem. Esta pesquisa levou à conclusão de que, de um modo geral, não houve uma preocupação por parte de Nina Rodrigues em fundamentar suas idéias, seja a respeito da superioridade/inferioridade das raças ou da mestiçagem. Sua forma de tratar a questão da formação do povo brasileiro, que previa o branqueamento e que era também advogada pela elite brasileira, estava carregada de pré-concepções e, na maioria das vezes, era desprovida de fundamentação com relação aos conhecimentos das ciências naturais da época
Abstract: The aim of this dissertation is to study the views of the Brazilian physician Raimundo Nina Rodrigues concerning the human races and the role of the crossing between different races in the constitution of the Brazilian people. It will try to check to what extent they were well grounded on the scientific knowledge of his time. This dissertation contains an introduction and four chapters. Chapter 1 presents an overview of the historical, social and scientific context of Nina Rodrigues time and his main contributions. Chapter 2 discusses Nina Rodrigues ideas concerning the human races, comparing them to the views which were generally adopted by other authors of his time. Chapter 3 analyses Nina Rodrigues views about the role of the crossing of different breeds in the constitution of the Brazilian people. Chapter 4 attempts to answer to the questions presented in the Introduction and makes some final remarks on the subject. Nina Rodrigues classification of human races (white, black and red) was different from the one which was adopted by most medical works of his time. He considered that some breeds were inferior to others, and that the same occurred in the case of crossbreds. Concerning the crossing between different races, he considered it as being harmful, except in the cases when it could bring back the characters of the purest race (white). In the different works he published during his life, he did not soften his views concerning the role of crossings between different races. This research led to the conclusion that Nina Rodrigues, in general, was not concerned in providing a foundation for his ideas related to the superiority/inferiority of races, or about crossbreds. His way of dealing with the issue of the composition of the Brazilian people, arguing for its whitening a view that was also advocated by the Brazilian elite was loaded with preconceptions and it was almost completely devoid of any foundation as regards the scientific knowledge of that time
Palavras-chave: Nina Rodrigues
Raça
Eugenia -- Brasil -- Historia
Mesticagem -- Brasil
Rodrigues, Nina -- 1862-1906 -- Critica e interpretacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História da Ciência
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Neves, Márcia das. Nina Rodrigues: as relações entre mestiçagem e eugenia na formação do povo brasileiro. 2008. 85 f. Dissertação (Mestrado em História da Ciência) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13390
Data de defesa: 21-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcia das Neves.pdf1,21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.