???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13007
Tipo do documento: Dissertação
Título: O Brasil de Caio Prado Jr. nas páginas da Revista Brasiliense (1955-64)
Autor: Souza, Ângela Maria
Primeiro orientador: Rago Filho, Antonio
Resumo: O objetivo desta dissertação é analisar os artigos sobre a realidade nacional produzidos no período 1955-64 pelo historiador marxista brasileiro Caio Prado Jr. (1907-90) para a Revista Brasiliense, que ele ajudou a fundar e da qual foi um dos principais colaboradores. Para dar conta do nosso propósito, assentamo-nos na análise imanente destes escritos, de forma a tentar identificar os nódulos centrais, os pilares que sustentam e sobre os quais se desenvolve o pensamento do autor, ainda que no período indicado, demarcado e restrito, a partir do acompanhamento de sua própria reflexão. Adotamos, portanto, uma perspectiva marxista, baseando-nos, principalmente, nas indicações de J. Chasin a respeito do tema. Esse período de produção intelectual coletiva do historiador paulistano não recebeu a atenção, a nosso ver, merecida. Trata-se de um momento de alto significado histórico, correspondendo ao governo Juscelino Kubitschek; à tentativa de golpe de Jânio Quadros, com sua renúncia, que não vingou; à investida contra a posse de João Goulart e ao seu conturbado governo, que desembocaria no golpe de estado de 1964. No que toca ao momento internacional, marcava-se pela guerra fria e por seus desdobramentos na América Latina. Nos artigos para a RB, foram trabalhadas com destaque as questões do nacionalismo e do capital estrangeiro, as medidas implementadas pelos governos JK, JQ e JG, a questão agrária e a crítica aos setores de esquerda, em especial ao PCB (Partido Comunista Brasileiro), todas alvo do nosso estudo. Procuramos ressaltar o pioneirismo das interpretações de Caio Prado sobre a História brasileira, que só foi possível porque procurou fugir da importação de modelos estranhos à nossa realidade e se ateve à busca da apreensão das diferenças e especificidades históricas do país. Ao intelectual aliou-se o militante dedicado e exemplar, que nem por isso se submeteu aos equívocos teóricos do Partido ao qual era filiado, elevando, ao contrário, sua voz dissonante e crítica. A dissertação termina indicando algumas reflexões que a pesquisa possibilitou demarcar
Abstract: The purpose of this study is to analyse lhe articles on Brazil written by marxist historian Caio Prado Junior (1907-90) in Revista Brasiliense (Brasiliense Magazine), during 1955-64. Caio Prado was one of the main contributors to Revista Brasiliense being also one of its founders. Our study follows the author's own reflexions and it is based on the immanent analysis of bis articles in order to identify the central nodes, the foundations upon which the author develops his thinking in the mentioned period, a very restricted and delimited one. Therefore, we adopt a marxist outlook based mainly in the statements of J. Chasin about the subject. We consider that this period of collective intellectual production of Caio Prado Junior, a historian native from the city of São Paulo, did not receive the attention it deserved. It is a period of strong historical meaning, corresponding to the Juscelino Kubitschek government; the attempt of Jânio Quadros' coup d'état with his unsuccessful resignation; the attack against João Goulart and his troubled government which would lead to the 1964 coup d'état. The world scenary was marked by the cold war and its developments in the Latin America. In the Revista Brasiliense's articles, the subjects of nationalism and foreign capital were outstanding as well as the measures implemented by the JK, JQ e JG governments, the agrarian issue and the critique of the left sector, in special of PCB (Brazilian Comunist Party), all of them targeted in our study. We tried to emphasize the pioneer character of Caio Prado's interpretations of Brazilian history, which only was possible due to the fact that he attempted to avoid making use of foreign models to understand our reality and attained himself to lhe pursuit of Brasil' s historical differences and specificities. The devoted and exemplary militant joined the intellectual which even so did not submit himself to the theoretical mistakes of the parir he was affiliated. On the contrary, he raised bis dissonant and critical voice. Our study ends indicating some reflexions which this research made possible to define
Palavras-chave: Prado Junior, Caio 1907-1990 -- Critica e interpretacao
Brasil -- Historia -- 1955-1964
Realidade nacional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Souza, Ângela Maria. O Brasil de Caio Prado Jr. nas páginas da Revista Brasiliense (1955-64). 2004. 210 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13007
Data de defesa: 9-Jan-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Angela Maria Souza.pdf39,25 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.