???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12979
Tipo do documento: Tese
Título: O Asylo de São João de Deos: as faces da loucura
Autor: Rios, Venétia Durando Braga
Primeiro orientador: Sant'anna, Denise B. de
Resumo: Em 24 de junho de 1874, a cidade do Salvador acordou com um compromisso importante. Era o dia da inauguração do Asylo de São João de Deos . Muitos anos se gastaram em marchas e contra marchas. Afinal, por que tanto empenho por ele, o que significava para a cidade de Tomé de Sousa esse espaço, esse lugar? O texto tem como objetivo a compreensão desse momento na vida da cidade. O que significou para a administração do cotidiano urbano esse espaço de poder médico, de controle dos desviantes, dos degenerados? Foi nosso empenho entender esse processo através dos homens e suas histórias, encontrados nas ruas, na Escola de Medicina, nas igrejas, nos trapiches, becos e ladeiras. O trabalho tem o compromisso de discutir o conceito de medicalização tão evidenciado por muitos, a partir das teorias desenvolvidas na Europa, dos textos dos médicos da terra, da prática asilar empreendida, dos avanços e dos tropeços. Histórias vividas no calor da hora, no mormaço dos dias lentos da Salvador do século XIX
Abstract: In June 24, 1874, the city of Salvador woke up with an important commitment it was the day of the opening of the Asylum of St. John of God . For many years, the situation was at a standstill. After all, why all that interest in it? What did that spot, that place, mean for Tomé de Sousa's city? The aim of this text is to understand that moment in the life of the city. What did that space of medical power, of control of the deviates and degenerates, mean for the administration of urban daily life? It is our endeavour to understand that process through men and their histories, found in the street, in the School of Medicine, in the churches, in the warehouses, alleys and slopes. This work has the commitment to discussing the concept of "medicalization", so evidenced by many, from the theories developed in Europe, the autochthonous medical texts, the practices implemented in the asylum, the progress and the mistakes made. Stories lived in the heat of the moment, in the sultriness of the slow days of 19th century Salvador
Palavras-chave: Medicina
História
Bahia
Loucura
Psiquiatria
Asilo São João de Deus
Cidade do Salvador
Medicalização
Medicine
History
Bahia
Insanity
Psychiatry
Asylum of St. John of God
City of Salvador
Medicalization
Asilo Sao Joao de Deus (Salvador, BA)
Medicina -- Historia -- Bahia, BA
Psiquiatria -- Bahia, BA -- Historia
Loucura
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Rios, Venétia Durando Braga. O Asylo de São João de Deos: as faces da loucura. 2006. 251 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12979
Data de defesa: 11-Dec-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Venetia Durando Braga Rios.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.