???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12284
Tipo do documento: Dissertação
Título: Programa de Apoio Respiratório Sonorizado: processo de aprendizado de cantores populares
Título(s) alternativo(s): Voiced Breathing Support Program: the learning process of popular singers
Autor: Gava Junior, Wilson 
Primeiro orientador: Andrada e Silva, Marta Assumpção de
Resumo: INTRODUÇÃO: no campo da voz cantada, as relações estabelecidas entre o domínio da respiração e a emissão vocal do cantor sempre foram assuntos geradores de polêmica. Nesse ponto, o apoio respiratório é um dos principais agentes. Vale ressaltar, também, que poucos estudos apresentaram propostas práticas direcionadas para seu aprendizado. OBJETIVO: analisar o Programa de Apoio Respiratório Sonorizado (PARS), criado pelo pesquisador, por meio do processo de aprendizado de três cantores populares. MÉTODOS: foi realizada uma entrevista inicial para seleção, na qual três cantores populares profissionais, com diferentes características, foram escolhidos. O PARS foi desenvolvido, de forma individual, em encontros semanais de uma hora de duração, em três fases complementares (sensibilização, desenvolvimento e sedimentação). Para cada cantor, durante todo o processo, foi elaborado um diário dos encontros e registros em áudio. Também, foram analisados e comparados parâmetros perceptivos da voz, antes do inicio do programa e depois. RESULTADOS: o sujeito um teve um processo de aprendizado que envolveu todos os níveis de conhecimento e promoveu uma mudança de atitude com relação ao estabelecimento do apoio. Esse sujeito concluiu três fases do PARS dentro do período esperado. Foram observadas melhoras nos aspectos corporais, articulação ficou mais precisa, houve ampliação de cinco semitons na tessitura vocal e estabilidade na afinação ao final do PARS. No processo de aprendizado, do segundo cantor, foram necessárias estratégias diferenciadas para a propriocepção. Esse sujeito necessitou de um número maior de encontros nas fases de desenvolvimento e sedimentação para aprender o apoio respiratório. Os parâmetros com mudança positiva, ao final do PARS, foram: respiração, coordenação pneumofonoarticulatória, ressonância, articulação e tessitura vocal, com ampliação de seis semitons. O processo do sujeito três apresentou dificuldades, em relação, basicamente, a propriocepção e a limitações anatomofisiológicas. Essas influenciaram para que o sujeito não conseguisse uma mudança de atitude para o aprendizado do apoio. O sujeito três realizou as fases de sensibilização e desenvolvimento em um número maior de encontros. A fase de sensibilização não foi concluída e o sujeito não adquiriu o apoio respiratório. O cantor manteve parâmetros inadequados ao final do PARS, com apenas uma discreta melhora na afinação. CONSIDERAÇÕES FINAIS: dos três sujeitos do estudo, dois estabeleceram o apoio respiratório por meio do PARS. O processo de aprendizado de cada um ocorreu de forma distinta, a despeito da diversidade de cada sujeito pesquisado. Estabeleceu-se um enlace entre o saber e o fazer, de forma a promover uma mudança de atitude com relação aos aspectos respiratórios. Com relação aos aspectos vocais, para dois cantores ocorreram melhoras na ressonância, na articulação, na tessitura e na afinação
Abstract: INTRODUCTION: in the singing voice field, the relationships established between the singer s mastering of breathing and vocal emission have always been widely discussed with different points of view. In this matter, breath support is one of the main agents. It is important to note that there are few studies that contribute with practical models designed towards the learning of this ability. AIM: to analyze the Voiced Breathing Support Program (PARS), developed by the author, through the learning process of three popular singers. METHODS: an initial interview was performed to select the subjects, and three professional popular singers, with different characteristics, were chosen to take part in the study. The PARS was developed, individually, in weekly one-hour encounters, in three interdependent phases (awareness, development and sedimentation). Throughout the process, a log of each encounter was filled in, and the audio files were registered, for each singer. Perceptive parameters of voice were also analyzed and compared before and after the program. RESULTS: Subject one had a learning process which involved all levels of knowledge and provided a change in attitude regarding breath support establishment. This subject finished all three phases of the PARS in the expected time-span. There were observed improvements in body aspects, the articulation was more precise, there was an increase of five half-tones in vocal tessitura, and stability in tuning at the end of the program. In the learning process of singer two, different awareness strategies were deeded. This subject needed a higher number of encounters in development and sedimentation phases in order to learn breath support. The parameters that were improved at the end of the PARS were: breathing, breath coordination while singing, resonance, articulation and vocal tessitura, which increased six half-tones. The process of subject three presented difficulties that were basically related to awareness and anatomic and physiologic limitations. They influenced the subject s not being able to obtain a change in attitude in order to learn breath support. Subject three accomplished the awareness and development phases in a higher number of encounters. The awareness phase was not finished and the subject did not acquire breath support. This singer maintained inadequate parameters at the end of the PARS, with only a discrete improvement in tuning. FINAL COMMENTS: Of the three subjects in this study, two established breath support through the PARS. The learning process for each subject occurred in different ways, despite the diversity of each studied subject. There was a link established between knowing and performing, and this promoted a change in attitude regarding respiratory aspects. As far as the vocal aspects, for two singers there were improvements in resonance, articulation, vocal tessitura and tuning
Palavras-chave: Voz
Música
Respiração
Músculos respiratórios
Diafragma
Programa de Apoio Respiratório Sonorizado
Voice
Music
Breathing
Respiratory muscles
Diaphragm
Voiced Breathing Support Program
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Gava Junior, Wilson. Programa de Apoio Respiratório Sonorizado: processo de aprendizado de cantores populares. 2010. 90 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12284
Data de defesa: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Wilson Gava Junior.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.