???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11999
Tipo do documento: Dissertação
Título: Associação entre autorreferência a distúrbio de voz, desvantagem vocal e Síndrome de Burnout em líderes e obreiros religiosos
Título(s) alternativo(s): Association between self-reported voice disorder, voice handicap and Burnout Syndrome in religious workers and leaders
Autor: Lima, Aleandra Cardoso 
Primeiro orientador: Ferreira, Léslie Piccolloto
Resumo: analisar a associação entre autorreferência a distúrbio de voz (DV), desvantagem vocal e Síndrome de Burnout em líderes e obreiros religiosos de uma igreja evangélica pentecostal. Método: este estudo de natureza descritiva e transversal foi aprovado pelo Comitê de Ética da PUC-SP, e contou com participação de 197 religiosos de ambos os gêneros, acima de 18 anos de idade. A coleta foi realizada em igreja evangélica pentecostal Assembleia de Deus em Sorocaba/SP, nos meses de abril e maio do ano de 2014. Os instrumentos aplicados foram: questionário para levantamento de dados sócio-demográficos e situação funcional referente à atuação do religioso; Índice de Triagem do Distúrbio Vocal (ITDV); Índice de Desvantagem Vocal (IDV 10) e Malasch Burnout Inventory (MBI). Esse último é dividido em três dimensões, a saber, Exaustão Emocional-EE, Despersonalização-DE, e Relação Pessoal-RP. Os dados foram digitados e analisados (SPSS versão 17.0 para Windows), quanto à frequências absolutas e relativas, medidas de tendência central e dispersão. Para verificar a associação entre as variáveis independentes (dados sociodemograficos e de situação funcional, IDV 10 e MBI) com o desfecho DV (estratificado em sem DV < 4 e com DV &#8805;5 ) foi utilizado o teste do Qui-Quadrado e modelos de regressão logística binária univariada e múltipla. Resultados: dos 197 sujeitos, a maioria é do sexo masculino (77,2%), com média de idade de 43,4 anos (dp=11,1), casado (88,4%), com ensino médio (56,6%), exercendo outra atividade, além do ministério (73,1%), com tempo médio de função no cargo de 7,5 anos (dp=7,6). Quanto ao ITDV, 40,1% apresentaram chance para desenvolver DV (ITDV). O IDV 10 foi dividido em quatro quartis, e os resultados foram: 1° quartil (valores 0) = 50 (25,4%); 2° quartil (1 a 3) = 53 (26,9%); 3° quartil (4 a 6) =46 (23,3%); e 4° quartil (&#8805; 7)= 48 (24,4%). Religiosos que estão no 3° e 4° quartis apresentaram uma chance de apresentarem provável DV em comparação aos religiosos do 1° quartil, respectivamente, OR=2,59 (p=0,041) e OR=5,82 (p<0,001). Em relação ao MBI, para as dimensões de EE e DE, a maioria dos religiosos apresentou o nível baixo, respectivamente, 69,5% e 54,3%, e 44,7% grau alto para RP, embora nenhum deles registrou associação a variável DV. Quanto à idade, os religiosos com 44 anos ou mais apresentaram uma chance (OR = 1,99; p=0,041) de terem DV quando comparados a religiosos mais jovens. O estado civil solteiro também se mostrou como fator independente para a DV (OR=4,08; p=0,014), ajustados pela variável exaustão de Burnout. Conclusão: Em pesquisa realizada com 197 religiosos evangélicos, atuantes em diferentes funções, foi registrada associação entre a presença de um provável distúrbio de voz e autorreferencia a desvantagem vocal, sendo que o aumento da desvantagem foi proporcional ao da chance de ter o distúrbio. Não foi encontrada associação entre a presença de um provável distúrbio de voz e a Síndrome de Burnout. Na análise de regressão logística a provável presença do distúrbio de voz esteve presente com mais chance entre os mais velhos e solteiros
Abstract: to analyze the association between self-reported voice disorder (VD), voice handicap and Burnout Syndrome in religious leaders and workers of a Pentecostal Christian church. Method: this is a cross-sectional, descriptive study that has been approved by the Research Ethics Committee at PUCSP and had the participation of 197 subjects of both genders, above 18 years of age. Data collection was conducted at the Assembleia de Deus Pentecostal Christian Church of the city of Sorocaba/SP, between the months of April and May, 2014. The following instruments were used: a questionnaire in order to survey socio-demographic data and the religious leaders work situation; the Screening Index for Voice Disorder (SIVD); Voice Handicap Index (VHI 10) and the Malasch Burnout Inventory (MBI).The latter is divided into the three following dimensions: Emotional Exhaustion (EE), Depersonalization (DP) and Personal Accomplishment (PA). The data were typed and analyzed (SPSS version 17.0 for Windows), according to their absolute and relative frequencies, central tendency and dispersion measurements. The chi-square test, as well as binary univariate and multivariate logistic models were used in order to verify the association between the independent variables (socio-demographic and work situation data, VHI and MBI) with the VD outcome (stratified into without VD < 4 and with VD &#8805;5 ). Results: of the 197 subjects, most are male (77.2%), with mean age of 43.4 years (sd=11.1), married (88.4%), with High School education (56.6%), with another professional activity besides ministry (73,1%), with a mean time in the job of 7.5 years (sd=7.6). Concerning the SIVD, 40.1% had a chance of developing VD (SIVD). The VHI 10 was divided into four quartiles, and the results were: 1st quartile (values 0) = 50 (25.4%); 2nd quartile (1 to 3) = 53 (26.9%); 3rd quartile (4 to 6) =46 (23.3%); and 4th quartile (&#8805; 7) = 48 (24.4%). Religious workers and leaders in the 3rd and 4th quartiles had chance of possibly having a VD when compared to the subjects in the 1st quartile of, respectively, OR=2.59 (p=0.041) and OR=5.82 (p<0.001). Regarding the MBI, for EE and DP dimensions, most religious subjects had low levels, respectively 69.5% and 54.3%, and 44.7% high degree for PA, although none was associated to the variable VD. Concerning age, the religious subjects who were 44 or older had a chance (OR = 1.99; p=0.041) of having VD when compared to younger religious subjects. Being single has also proved an independent factor for VD (OR=4.08; p=0.014), adjusted by the Burnout exhaustion variable. Conclusion: In this study conducted with 197 Christian religious individuals who work in different areas in the church, there was association between the presence of a possible voice disorder and self-reported voice handicap, where the increase in handicap was proportional to the chance of having a disorder. There was no association between the presence of a possible voice disorder and Burnout syndrome. In the logistic regression analysis the possible presence of voice disorder was more likely present among the eldest and single individuals
Palavras-chave: Voz
Síndrome de Burnout
Religiosos
Voice
religious leaders
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Lima, Aleandra Cardoso. Association between self-reported voice disorder, voice handicap and Burnout Syndrome in religious workers and leaders. 2015. 63 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11999
Data de defesa: 28-Jan-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aleandra Cardoso Lima.pdf661,98 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.