???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11847
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da triagem auditiva neonatal ao diagnóstico: os pais diante da suspeita de deficiência auditiva no filho
Autor: Ribeiro, Flávia Guimarães 
Primeiro orientador: Novaes, Beatriz Cavalcanti de Albuquerque Caiuby
Resumo: Objetivo: Analisar a vivência de pais de bebês durante o período compreendido entre a suspeita e a conclusão do diagnóstico da deficiência auditiva no filho a partir do relato de suas experiências com Programas de Triagem Auditiva Neonatal São discutidas as implicações dessas experiências na sistematização de protocolos e na atuação das equipes profissionais que atuam em Programas de Triagem Auditiva Neonatal. Métodos: O estudo foi realizado a partir do relato retrospectivo das experiências dos pais de bebês com os Programas de Triagem Auditiva Neonatal Os dados foram obtidos através de entrevistas semi-dirigidas concedidas pelos pais de três crianças (Vic Ti e Vi) que tiveram a oportunidade de realizar a triagem auditiva no período neonatal e a partir daí iniciaram um processo de suspeita até a confirmação ou não da deficiência auditiva Vic falhou na triagem mas era uma criança ouvinte Ti teve a oportunidade de realizar a triagem ainda na maternidade mas seus pais não autorizaram a realização do exame e após um determinado tempo descobriram que o filho era surdo Vi falhou na triagem mas a confirmação da deficiência auditiva não foi imediata Durante as entrevistas, foram abordados os seguintes temas: processo vivenciado desde o momento em que foi oferecida a TAN a realização da bateria de exames para a conclusão do diagnóstico e a atuação dos profissionais envolvidos no processo A análise das entrevistas se baseou na técnica de análise de conteúdo que tem como objetivo obter indicadores que permitam a inferência de conhecimentos através da descrição e interpretação minuciosa do conteúdo das mensagens nem sempre explicitado nas palavras Resultados: De acordo com a análise dos casos podemos observar que muitos momentos difíceis enfrentados pelos pais das crianças poderiam ter sido evitados se não houvesse falhas no protocolo etapas mal definidas e articuladas entre si e conduta inadequada de alguns profissionais por falha na formação acadêmica Considerações finais: Um programa de saúde auditiva precisa ser constituído não só pela etapa de identificação de alterações auditivas através da Triagem Auditiva Neonatal mas também pelas etapas da conclusão do diagnóstico e intervenção fonoaudiológica Essas etapas precisam estar bem definidas e engajadas no processo para que ao falhar na triagem a criança tenha acesso imediato às demais etapas A Triagem Auditiva Neonatal é uma interferência na construção do vínculo entre os pais e o bebê por ser realizada nos estágios iniciais da vida da criança mas se a família for acompanhada em cada etapa do processo por um profissional preparado esse vínculo poderá ser poupado de maiores prejuízos
Palavras-chave: Triagem Auditiva Neonatal
Bebê
Lactentes
Mãe-bebê
Perda auditiva
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Ribeiro, Flávia Guimarães. Da triagem auditiva neonatal ao diagnóstico: os pais diante da suspeita de deficiência auditiva no filho. 2005. 78 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11847
Data de defesa: 23-Aug-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TrabalhoINTEGRA-FLAVIA[1].pdf154,6 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.