???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1141
Tipo do documento: Dissertação
Título: Coaching ontológico: uma contribuição à gestão hospitalar
Autor: Moraes, Marilda Schiller de 
Primeiro orientador: Santos, Neusa Maria Bastos Fernandes
Resumo: O presente estudo tem como objetivo principal identificar o quanto a utilização do Coaching Ontológico, fundamentado na Ontologia da Linguagem, pode facilitar a comunicação e auxiliar na construção de ambientes saudáveis e produtivos dentro das empresas. No universo das organizações a questão da comunicação tem grande importância, pois é por meio das instruções e das informações trocadas que se desenvolvem todas as ações necessárias para a efetivação dos processos e respectivo desenvolvimento dos produtos da empresa, ou seja, habitamos um mundo linguístico, no qual a palavra e, em especial a fala, torna-se o instrumento por excelência da ação do executivo, o meio essencial para entrar em contato com os outros e para obter resultados. No entanto, a linguagem administrativa, caracterizada por comandos curtos, diretos e muitas vezes urgentes, acaba por dificultar a comunicação dentro das empresas. Partindo da premissa de que uma postura reflexiva permite compreensão para profundas transformações pessoais, e que a realização de oficinas de sensibilização pode facilitar os processos de comunicação, motivação e liderança, transformando-os em vetores facilitadores para a geração de um ambiente produtivo e de bem-estar na organização, foi realizada uma pesquisa-ação, com 141 profissionais do Hospital de Clínicas de Campo Limpo Paulista (HCCLP). Levando em consideração o objetivo do presente estudo, foram realizadas reuniões de Coaching Ontológico, com 7 profissionais responsáveis pela gestão da referida instituição, e realizadas oficinas de sensibilização, sobre Dinâmicas Humanas e sobre Competências Conversacionais, para os 141 profissionais alocados nos setores de Recepção e de Enfermagem do HCCLP. Para tornar possível a comparação de comportamentos observáveis, foram realizadas duas pesquisas com abordagens quantitativas e duas pesquisas com abordagens qualitativas, com entrevistas do tipo Survey, antes e depois das intervenções, que permitiram mapear a efetividade do uso das metodologias de sensibilização e da contribuição do Coaching Ontológico na Gestão Hospitalar. Os resultados da pesquisa quantitativa mostraram crescimento de 0,4% na percepção sobre a Comunicação entre os setores da instituição, refletindo em um crescimento de 3,0% na percepção sobre a Motivação dos funcionários, apesar da redução em -0,7% na percepção das equipes sobre a Liderança. Isolando desses percentuais a avaliação efetuada pelos funcionários da área de Gestão, que passaram pelo processo de Coaching, percebe-se significativa melhora de percepção sobre as dimensões de Motivação, Comunicação e Liderança, com percentuais de avaliação positivos em 17,5%, 17,1% e 14,5%, respectivamente, no período compreendido entre as duas pesquisas. Da mesma forma, ao avaliar as declarações resultantes das entrevistas da pesquisa qualitativa, pode-se identificar vários depoimentos que afirmam que as reuniões de Coaching e as oficinas de sensibilização trouxeram importantes contribuições para os profissionais detentores de cargos de Gestão, além de melhora na comunicação entre as equipes alocadas nos setores da Recepção e da Enfermagem. Assim sendo, conclui-se que a prática do Coaching Ontológico tem muito a contribuir com a Gestão Hospitalar
Abstract: This study s main goal is to identify how the use of Ontological Coaching, based on the Ontology of Language, can facilitate communication and assist in building healthy and productive environments within companies. In the universe of organizations the communication issue has great importance, because it is through the instructions and exchange of informations that are developed all the actions needed for the effectuation of processes, and respective development of products. So, we inhabit a linguistic world, in which the word, in special the spoken word, becomes the instrument by excellence of the executive s action, the essencial way to get in touch with others and to obtain results. Nonetheless, the administrative language, featured by short, direct, and many times urgent commands, tends to complicate the communication inside the companies. Assuming that a reflexive posture allows comprehension to deep personal transformations and that the realization of sensitization workshops may facilitate the processes of communication, motivation and leadership, transforming people into enabling vectors for the generation of a productive and wholesome environment in the organization, it was done a research with 141 professionals of the Hospital das Clínicas of Campo Limpo Paulista (HCCLP). Taking into account the main goal of the study, meetings of Ontogical Coaching took place, with 7 professionals responsible for the management of the referred institution, along with sensitization workshops, about Human Dynamics and Conversational Skills, for the 141 professionals allocated in the sectors of Reception and Nursing of the HCCLP. To enable the comparison of observable behaviours, there were developed two researches with quantitave approaches and two researches with qualitative approaches, based on Survey interviews, before and after the interventions, which made possible the mapping of the effectiveness of the use of sensitization methodology and the contribution of Ontological Coaching to Hospital Management. The results of the quantitative research indicated a growth of 0,4% in the perception of Communication between the sections of the institution, reflecting on a growth of 3,0% on the perception of employee s Motivation, despite the reduction of -0,7% in the perception of the teams on Leadership. Isolating of these percentuals the evaluation done by the employees from the management area, which went throught the Coaching, a significant improvement on Motivation, Communication and Leadership dimensions could be perceived, with positive evaluation percentuals of 17,5%, 17,1% and 14,5%, respectively, in the period comprehended between the two researches. In that same way, by evaluating the statements resultant of the qualitative research interviews, a lot of testimonials were observed claiming that the Coaching meetings and the workshops brought important contributions to the professionals holders of the management positions, along with the improvement in the communication between the teams allocated in the Reception and Nursing sectors. That being, the conclusion is that the exercise of the Ontological Coaching has a lot to contribute with Hospital Management
Palavras-chave: Coaching ontológico
Gestão hospitalar
Ontologia da linguagem
Clima organizacional
Dinâmicas humanas
Biologia cultural
Ontological coaching
Hospital management
Ontology of language
Organizational climate
Human dynamics
Cultural biology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Moraes, Marilda Schiller de. Coaching ontológico: uma contribuição à gestão hospitalar. 2015. 149 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1141
Data de defesa: 17-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marilda Schiller de Moraes.pdf2,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.