???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10669
Tipo do documento: Tese
Título: A trajetória de José Oiticica: o professor, o autor, o jornalista e o militante anarquista na educação brasileira
Autor: Figueira, Cristina Aparecida Reis 
Primeiro orientador: Munakata, Kazumi
Resumo: Este é um estudo historiográfico de reconstituição da trajetória e do itinerário de formação do catedrático do Colégio Pedro II e militante anarquista José Rodrigues de Leite e Oiticica (1882-1957), educador envolvido tanto nas ações da propaganda social libertária em jornais, em conferências do livre pensamento, no teatro social, quanto nos projetos educacionais que circularam em padrões diferenciados na História da Educação Brasileira. Autor de uma profícua produção intelectual relacionada aos estudos da lingüística, da literatura, da música, da poesia, do teatro e do ideário anarquista, cuja expressividade pode ser encontrada em numerosos artigos para a imprensa anarquista e grande imprensa carioca, em seus manuais didáticos, em suas peças teatrais, em seus sonetos e em seus ensaios sociológicos. A pesquisa reuniu elementos da produção intelectual de José Oiticica e de sua trajetória de vida e teve como eixo mapear as suas críticas e prescrições de práticas das ações da propaganda social para a reconstituição de seu projeto para a educação libertária, da propaganda social e de sua atuação como professor de Português do Colégio Pedro II, por meio do exame de seus artigos jornalísticos, livros, opúsculos e manuscritos de aulas, correspondência ativa e passiva e incursões nas historiografias da classe operária e da educação brasileira, nos projetos educacionais que circularam em seus diferentes modelos, sobretudo entre os anos de 1905 e 1950. Na construção da pesquisa, procurou-se explicitar as suas redes de sociabilidade e relacionamentos, procedimento que evidencia um dos principais pressupostos de pesquisa, qual seja a de que os sujeitos se constituem no âmbito das práticas sociais, considerando-se as relações a que se vêm atados, as ações que promovem, as que são herdadas, todas elas dinâmicas e contraditórias. A partir da evidência interrogada e tratada por E. P Thompson, procurou-se construir a pesquisa, em observação à lógica adequada aos materiais reunidos em observação à seqüência de conteúdos detectada pelo exame das fontes primárias, por meio da reconstituição de documentos e do diálogo com as fontes, seguindo os seus indícios, pistas e sinais sob inspiração de Carlo Ginzburg. Além do tratamento das fontes primárias, a pesquisa realizou entrevistas orais e trabalhou também com textos memorialistas de seus ex-alunos e com a memória de militantes preservada na historiografia da classe operária brasileira. A reconstituição do projeto educacional de José Oiticica justifica-se pelo fato de trazer para o debate alguns princípios que orientaram a experiência do vivido nos projetos da educação libertária, que, na contramão do pessimismo reacionário e do otimismo ingênuo, tinha o princípio da reflexão, das ações direcionadas a projetos educacionais individuais, de pequenos grupos e quiçá coletivos, e, principalmente, pelo fato de a pesquisa ser uma contribuição para o debate educacional sobre os padrões de educação considerados vencidos, particularmente os relacionados aos projetos da educação anarquista
Abstract: This is a study of the trajectory and formation path of the cathedratic from Colégio Pedro II and anarchist militant José Rodrigues de Leite e Oiticica (1882-1957), educator involved in actions of social libertarian propaganda in newspapers, in free thought conferences, in the social theater as well as in educational projects that circulated in differentiated patterns in the history of Brazilian education. Author of useful intellectual production related to the studies of linguistics, literature, music, poetry, theater and also the anarchist ideology, whose expressiveness can be found in numerous articles for the anarchist press as well as for the great carioca press, in his didactic manuals, his plays, his sonnets and in his sociological essays. The research gathered elements José de Oiticica the intellectual production and his life path and had as objective to map his critics and prescriptions of the practices of the social propaganda for the rebuilding of his project for the libertarian education, of the social propaganda and his performance as a Portuguese teacher at the Colégio Pedro II, through the exam of his journalistic articles, books, booklets as well as classes manuscripts, active and passive correspondence and incursions in the historiographies of the working class and Brazilian education, in educational projects that circulated in different models above all in the period between the years 1905 and 1950. In the construction of the research was sought his sociability nets and relationships, a procedure that evidences one of the main purpose of the research, which is the one that subjects are constituted in the extent of the social practices, considering the relationships that they are involved in, of the actions that they promote which are inherited, all of them dynamics and contradictory. Starting from the interrogated evidence treated by E. P Thompson, we tried to build the research in observation the appropriate logic to the materials gathered in the research, in observation of the content sequence detected by the exam of primary sources, through the reconstitution of documents and the dialogue with the sources following their indication, tracks and signs under the inspiration of Carlo Ginzburg. Besides the treatment with the primary sources, the research accomplished oral interviews and also worked with his former student s texts and also with the militant s memory preserved in the historiography of the Brazilian working class. The rebuilding of the José Oiticica educational project is justified for the fact of bringing for the debate some of the principles that guided the experiences of the lived in the projects of the libertarian education, that in the wrong way of the reactionary pessimism and the naïve optimism, had the beginning of reflection, of the actions addressed to individual education projects, of small groups and maybe collective, and mainly for the fact of the research to be a contribution to the educational debate on the patterns of education considered won, particularly the related to projects of the anarchist education
Palavras-chave: José Oiticica
Propaganda social anarquista
Imprensa libertária
Social anarchist propaganda
Libertarian press
Oiticica, Jose -- 1882-1957 -- Critica e interpretacao
Colegio Pedro II
Anarquismo -- Brasil
Anarquistas -- Brasil
Jornalismo -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Figueira, Cristina Aparecida Reis. A trajetória de José Oiticica: o professor, o autor, o jornalista e o militante anarquista na educação brasileira. 2008. 284 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10669
Data de defesa: 30-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristina Aparecida Reis Figueira.pdf3,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.