???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1058
Tipo do documento: Dissertação
Título: A comunicação organizacional no contexto das novas tecnologias e os desafios da complexidade: a contribuição da escola de Montreal para a estratégia organizacional
Autor: Terra, Larissa Rodrigues
Primeiro orientador: Cardoso, Onésimo de Oliveira
Resumo: O atual desenvolvimento social, político, tecnológico e econômico do ambiente organizacional modificou os processos de comunicação e estratégia nas organizações. Desta forma, são novas e incertas as necessidades das organizações para esse ambiente de complexidade, ou seja, um ambiente de imprevistos, incertezas e auto-organização. Neste contexto, a importância do papel constitutivo da comunicação na formação da realidade organizacional e no ambiente de complexidade da atualidade nos leva a questionar a natureza limitada, objetiva e generalizadora das construções teóricas da comunicação empresarial. O pensamento da Escola de Montreal foi levantado para auxiliar na compreensão da comunicação como organizadora de uma realidade socialmente e recursivamente construída no atual ambiente de complexidade em que as organizações estão inseridas. Em um ambiente complexo, os tradicionais instrumentos reducionistas e simplificadores de gestão perderam a eficiência, e as organizações passaram a demandar planejamentos flexíveis e adaptáveis de gestão. Esta dissertação à luz da abordagem da complexidade analisa as contribuições da Escola de Montreal a respeito da relação entre comunicação e organização no contexto da globalização e das novas tecnologias. Concluiu-se que a comunicação organizacional, como estratégia de gestão, tem o objetivo de organizar a ação social para um foco único. Assim, a comunicação deve ser compreendida como construtora das ações organizacionais, ou seja, como um composto que dá forma à organização. A comunicação organizacional assume o papel de estratégia de gestão da complexidade quando promove à auto-organização e faz com que os indivíduos se adaptem às mudanças do ambiente, o que acontece por meio da geração de informação e do alcance da linguagem. Portanto, a comunicação é toda informação compreendida como conjunto de símbolos ou como sentido que veicula estes sinais através da significação e interpretação da linguagem e do discurso entre os indivíduos da organização
Abstract: The current social, political, technological and economic development of the organizational environment has modified the communication and strategy process in organizations. So, the organizations needs for this complex environment are new and uncertain, i.e. an environment of unforeseen, uncertainties and self-organization. In this context, the importance of the constitutive role of communication in organizational shaping reality and complexity of the environment today, leads us to question the limited, objective and generalizing nature of the theoretical constructs of business communication . The Montreal School was raised to assist in the understanding of communication as organizer of a reality and socially constructed recursively in the current environment of complexity in which the organizations are embedded. In a complex environment, the traditional reductionist and simplifying instruments of management lost efficiency, and organizations begin to demand flexible and adaptive management planning. For this reason, this paper, under the light of complexity approach, analyzes the contributions of the Montreal School on the relationship between communication and organization in the context of globalization and new technologies. We conclude that organizational communication as a strategy of management aims to organize social action to a single focus. Thus, the communication must be understood as a builder of organizational actions, i.e., as a compound forming the organization. The organizational communication assumes the role of a strategy for managing complexity, when it promotes self-organization, and causes individuals to adapt to the changing environment, which occurs through the generation of information and the reach of language. Therefore, communication is all information understood as a set of symbols, or as meaning that conveys these signals through the interpretation of language and discourse, between individuals of the organization
Palavras-chave: Comunicação organizacional
Complexidade
Globalização
Escola de Montreal
Organizational communication
Complexity
Globalization
Montreal School
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Terra, Larissa Rodrigues. A comunicação organizacional no contexto das novas tecnologias e os desafios da complexidade: a contribuição da escola de Montreal para a estratégia organizacional. 2012. 169 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1058
Data de defesa: 22-Nov-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Larissa Rodrigues Terra.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.