???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10254
Tipo do documento: Dissertação
Título: Desafios ao educador na transição do quinto para o sexto ano nas escolas públicas do Estado de São Paulo: uma proposta de formação
Autor: Borges, Renata Sales de Moraes 
Primeiro orientador: Carlini, Alda Luiza
Resumo: Este estudo aborda a transição dos alunos do quinto para o sexto ano do ensino fundamental, considerando as expectativas em relação a esta realidade escolar, para demonstrar aos professores que atuam com esses grupos a necessidade de adotar uma postura profissional apoiada em uma formação diferenciada, pois esta transição ainda pode ser caracterizada por suas rupturas e descontinuidades no trabalho pedagógico. Nesse sentido, a pesquisa tem por objetivo geral: construir uma proposta de formação continuada, a ser desenvolvida junto a professores do ensino fundamental II, refletindo sobre a passagem dos alunos do quinto para o sexto ano. E por objetivos específicos: Enumerar as dificuldades que os professores vivenciam na relação com os alunos do sexto ano; Identificar as características dos alunos, que são desejáveis para os professores dos anos iniciais do ensino fundamental II; Refletir sobre os processos de mudança necessários à reconstrução da relação professor-aluno. A investigação foi desenvolvida na forma de pesquisa bibliográfica e documental, e apoiou-se na consulta aos professores do sexto ano de uma escola da rede estadual de ensino, pela aplicação de um questionário, para a construção da proposta de formação continuada. A pesquisa permitiu revelar, ao longo do processo, que vários são os fatores que, diretamente ou indiretamente, influenciam essa transição do quinto para o sexto ano, tanto para os alunos como para os professores que os recebem. Um aspecto, porém se destacou entre os demais: o aluno está sozinho nessa passagem, porque ela não é entendida como um novo espaço no processo de escolarização. As crianças, na maioria das vezes, sentem e sofrem em silêncio, ou se defendem de forma inadequada, porque se trata de uma transição invisível e desconhecida por seus professores
Abstract: This study discusses the transition of students from the fifth to the sixth grade of elementary school, considering the expectations in relation to this reality, to demonstrate to teachers who work with these groups the need to adopt a professional stance based on a differentiated formation, since this transition can still be characterized by its ruptures and discontinuities in the pedagogical work. In this sense, the research aims to: build a proposal for continuing education, to be developed along the teachers of elementary school II, reflecting on the passage of pupils from the fifth to the sixth grade. And specific objectives: Enumerating the difficulties teachers experience in relationship with the students of the sixth grade; Identify the characteristics of the students, which are desirable for teachers from early years of elementary school II; Reflect on the processes of change necessary for the reconstruction of teacher-student relationships. The investigation was developed in the form of bibliographic and documentary research, and supported in consultation with professors in the sixth year of a school in the State schools, by the application of a questionnaire, to the construction of the proposed continuing education. The research has revealed, throughout the process, that there are several factors that, directly or indirectly, influence the transition from the fifth to the sixth grade, both for students and for teachers who receive them. One aspect, however, stood out among the others: the student is alone in this passage, because it is not understood as a new space in the process of schooling. The children, most of the time, feel and suffer in silence, or defend themselves inappropriately because it is a transition invisible and unknown by their teachers
Palavras-chave: Transição do quinto para o sexto ano
Formação continuada
Afetividade
Ensino fundamental
Transition from the fifth to the sixth year
Continuing education
Affectivity
Elementary school
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Citação: Borges, Renata Sales de Moraes. Desafios ao educador na transição do quinto para o sexto ano nas escolas públicas do Estado de São Paulo: uma proposta de formação. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10254
Data de defesa: 10-Nov-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata Sales de Moraes Borges.pdf574,71 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.