???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9925
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os Saberes Locais e o novo Currículo do Ensino Básico
Autor: Basílio, Guilherme
Primeiro orientador: Chizzotti, Antônio
Resumo: O trabalho discute a questão de saberes locais e o novo currículo do Ensino Básico com finalidade de resgatar aqueles para a escola. Esta discussão é fundamentada pela institucionalização do currículo local que abre a possibilidade de integrar os conteúdos e as práticas locais nos programas do ensino. A finalidade da introdução do currículo local nos programas do Ensino é reduzir a distância entre a cultura da escola moderna e a cultura tradicional local. O novo currículo do Ensino Básico integra a componente do currículo local para criar aprendizagem relevante e resgatar os saberes locais para a escola. Esta tese sustenta que as escolas devem resgatar a cultura autóctone e o seu valor intrínseco. Defende-se que a inclusão dos saberes locais na escola pode facilitar aprendizagem e contextualizar as condições sócioculturais locais. Com a introdução do currículo local, cria-se um espaço de convivência dos saberes local e universal e la nça-se um desafio aos professores no sentido de serem responsáveis na produção e sistematização do conhecimento. O referencial teórico do trabalho é buscado em teoria curricular de Moreira e Silva (2002) assim como as teses defendidas por Geertz (1997) e Gramsci (2004). O material empírico foi recolhido com base nos relatórios e documentos do INDE (1999 e 2004). A necessidade de melhorar a aprendizagem na escola e enraizar o aluno na sua respectiva cultural levou a transformação do currículo moçambicano do ensino Básico. A partir da reforma curricular, a pesquisa prioriza as percepções sobre os saberes locais e avalia os métodos de integração de conteúdos e práticas locais relevantes nas escolas experimentais localizadas na Província de Nampula. Assim, foram observadas as aulas com a finalidade de avaliar o processo de integração dos saberes locais e realizadas as entrevistas aos professores, alunos e pessoas das comunidades com o objectivo de recolher a percepção sobre os saberes locais a serem integrados no Ensino Básico.
Abstract: The paper discusses the local knowledge and the new curriculum of Basic Education with the aim of rescuing it to School. This discussion is supported by the institutionalization of local curriculum which opens possibility of integrating the local contents and practices in the education programs. The reason for integrating the local curriculum in to the education programs is to reduce the distance between two cultures; the modern School and the local traditional. The new curriculum of Basic Education integrate a local curriculum component to create relevant learning and for rescing local knowledge to School. This thesis supports the idea that the schools must rescue autochthonou s culture and its intrinsic values. It is argued that the inclusion of local knowledge in the school can facilitate the learning process and contextualize the local socio-cultural conditions. With the introduction of local curriculum a local knowledge a sociability space is open and a challenge is launched to the teachers in order to take responsibility in the production and systematization of knowlodge. The theoretical support for this work is based on the curriculum theory of Moreira and Silva (2002) as well as the theses of Geertz (1997) and Gramsci (2004). The empiric material was collected based on the reports of INDE documents (1999 2004). The need to better the learning in schools and to set students in their cultural perspective brought transformation for Mozambican curriculum of Basic Education. From the curricular reformation the research gave priority to perception about the local knowledge and assesses the method of integration of relevant local contents and practices in the target schools located in Nampula province. Lessons were observed with the objective of evaluating this process of integrating local knowledge into new curriculum. In addition to interview with teachers, students and the community people s views about their culture were also collected for their integration into the Basic Education curriculum.
Palavras-chave: Ensino Básico
Currículo
Moçambique
Saber Local
Cultura
Basic education
Curriculum
Mozambique
Local Knowlodge
Cultural
Ensino basico -- Mocambique -- Curriculos
Educacao e Estado -- Mocambique
Escolas Primarias Completas 7 Abril -- Nampula (Mocambique)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Basílio, Guilherme. Os Saberes Locais e o novo Currículo do Ensino Básico. 2006. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9925
Data de defesa: 25-Jul-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guilherme Basilio.pdf360,07 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.